Questões da Prova da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo (DPE-ES) - Defensor Público (2013)

Limpar Busca

Considerando a teoria geral da constituição, assinale a opção correta.

  • A Consoante a doutrina majoritária, as normas constitucionais classificam-se, quanto à sua eficácia e aplicabilidade, em normas de eficácia plena, de organização, materiais e principiológicas
  • B A promulgação de nova constituição não acarreta a revogação da constituição anteriormente em vigor.
  • C Segundo o STF, será revogada a lei que for materialmente incompatível com texto constitucional promulgado posteriormente a ela.
  • D A rigidez constitucional, importante mecanismo de defesa da constituição, relaciona-se com a dificuldade de aplicação do texto constitucional.
  • E De acordo com o regime constitucional brasileiro, os estados- membros são dotados de poder constituinte originário.

Com relação aos princípios fundamentais adotados pela CF, assinale a opção correta.

  • A Entre os princípios que regem as relações internacionais do Brasil incluem-se a solução dos conflitos mediante intervenção militar e a não concessão de asilo político.
  • B A configuração constitucional do princípio da separação de poderes impede que o presidente da República legisle, ainda que no exercício de função atípica.
  • C A CF prevê o direito de secessão.
  • D A República, a democracia, a federação e a dignidade da pessoa humana constituem princípios fundamentais expressos na CF.
  • E O sistema de governo da República Federativa do Brasil é o parlamentarismo.

No que se refere aos direitos e garantias fundamentais, assinale a opção correta.

  • A Consoante o disposto na CF, a pessoa que tenha sido presa, em 2012, pela prática do crime de homicídio poderá ser julgada por órgão judicial de exceção a ser criado em 2013.
  • B O sigilo das comunicações telefônicas é inviolável, salvo por determinação do presidente da República, para fins de investigação criminal ou instrução processual penal.
  • C Para a proteção do direito à liberdade de locomoção, a CF previu a possibilidade de ajuizamento de mandado de segurança.
  • D Conforme a doutrina, a inviolabilidade do direito à vida limita- se ao direito de continuar vivo, não se relacionando com o direito a uma vida digna.
  • E Os tratados internacionais de direitos humanos podem ingressar no ordenamento jurídico nacional com estatuto de norma constitucional, desde que sejam aprovados, em cada casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos membros.

Considerando a organização dos poderes estabelecida pela CF, assinale a opção correta.

  • A O STF, o Conselho Nacional de Justiça e o MP são órgãos do Poder Judiciário.
  • B O controle externo, no que se refere à fiscalização contábil, financeira e orçamentária de órgãos e entidades da administração pública federal, é exercido, com exclusividade, pelo Tribunal de Contas da União.
  • C Na hipótese de impedimento do presidente ou do vice- presidente da República, o exercício da Presidência caberá ao ministro mais antigo do STF .
  • D A vedação da prisão de deputados e senadores abrange a prisão em flagrante pela prática de crime inafiançável.
  • E O Congresso Nacional, composto pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, representa o Poder Legislativo no âmbito da União.

Em relação ao controle de constitucionalidade no direito brasileiro, assinale a opção correta.

  • A As leis anteriores à CF não são passíveis de controle judicial de constitucionalidade concentrado.
  • B Por meio do controle concentrado, todo e qualquer juiz ou tribunal pode reconhecer a inconstitucionalidade de uma lei e, consequentemente, determinar sua não aplicação ao caso concreto a ser julgado.
  • C O regime constitucional brasileiro não admite o controle político de constitucionalidade.
  • D Qualquer pessoa maior de dezoito anos de idade e no gozo dos seus direitos políticos tem legitimidade para ajuizar ação direta de inconstitucionalidade.
  • E A supremacia normativa da CF é pressuposto para o controle de constitucionalidade das leis.