Questões de Psicologia Genética (Piaget) (Pedagogia)

Limpar Busca

De acordo com a Epistemologia Genética de Jean Piaget, o conceito de “esquemas” diz respeito a (ao):

  • A Conjunto de predisposições para o desenvolvimento físico, marcadas geneticamente.
  • B Estruturas cognitivas através das quais a mente humana organiza as informações que recebe do mundo.
  • C Fenômeno em que as explicações das crianças sobre os eventos que a rodeiam não necessitam de comprovação científica ou empírica.
  • D Momento do desenvolvimento infantil em que a fala egocêntrica some e a criança se encontra mais socializada no mundo.

Jean Piaget desenvolveu estudos psicogenéticos com o objetivo de compreender como o ser humano conhece o mundo e descobrir quais seriam os mecanismos cognitivos utilizados pelo homem para conhecer este mundo.

A teoria piagetiana preocupa-se em compreender a gênese e a evolução do conhecimento humano e, diante desse objetivo, procura identificar quais são os mecanismos utilizados pela criança para conhecer o mundo. Piaget afirma que há uma diferença qualitativa entre a lógica infantil e a lógica do adulto, pois os processos de construção da cognição humana se tornam complexos com o passar do tempo.

De suas pesquisas, Piaget elabora algumas categorias para compreender o processo de desenvolvimento humano, sendo uma categoria fundamental:

  • A o intervalo.
  • B a cooperação.
  • C o ambiente.
  • D a socialização.
  • E a equilibração.

A teoria do desenvolvimento de Jean Piaget sugere que as crianças passam por estágios diferentes de desenvolvimento mental. Quando as crianças aprendem sobre o mundo por meio de seus sentidos e da manipulação de objetos é chamado de fase:

  • A operacional-concreto.
  • B operacional-formal.
  • C sensório-motora.
  • D pré-operacional.
  • E acomodação.
Sobre a Psicologia Genética e Educação, de acordo com Piaget, considere a alternativa INCORRETA:
  • A A Psicologia de Piaget foi elaborada tendo em vista a construção de sua Epistemologia. O termo Genético, que adjetiva tanto sua Psicologia quanto sua Epistemologia, não diz respeito à transmissão de caracteres hereditários, conotação que possui no campo biológico. Genético, aqui, refere-se ao modo de abordagem do objeto de estudo, desde seu estado elementar – sua origem, sua gênese – até seu estágio mais adiantado, acompanhando cada uma das sucessivas etapas desse percurso.
  • B Os métodos piagetianos de investigação diferem daqueles que eram – e ainda são – usualmente empregados por outras correntes de pesquisadores. Ao invés de medir a capacidade intelectual das crianças por meio de testes padronizados, muito comuns na Psicologia, Piaget recorreu a um procedimento que ficou conhecido como abordagem clínica; uma entrevista livre em que o pesquisador busca averiguar os fundamentos e processos relativos à capacidade cognitiva de seus sujeitos experimentais.
  • C Piaget considerou que o processo de conhecer tem início com o desequilíbrio estabelecido entre Sujeito e Objeto, porém suas pesquisas não contemplaram os fatores motivacionais, de natureza emocional e afetiva, ali envolvidos. Isto não significa que Piaget os tivesse negado, apenas que, como epistemólogo, concentrou sua atenção nos momentos seguintes do processo.
  • D Quando falamos em método piagetiano, estamos nos referindo a uma estratégia de trabalho pedagógico e não a uma abordagem de pesquisa. Se quisermos buscar alguma analogia nesse terreno, entretanto, não será difícil perceber que os procedimentos da pesquisa piagetiana inspiram atitudes em sala de aula bastante condizentes daquelas aprovadas por uma pedagogia tecnicista, voltada para a mensuração de resultados.

Embora o desenvolvimento e a aprendizagem humana se relacionem entre si, existe uma diferença entre os dois. Assinale a alternativa que faz a correta correspondência entre as colunas A e B, de acordo com Piaget (2009/1).


COLUNA A COLUNA B

I.Desenvolvimento A. processo que se relaciona com a totalidade de estruturas do conhecimento.

II.Aprendizagem B. processo provocado por um experimentador ou situação externa.

III.Conhecimento C. transformação do objeto e compreensão dessa transformação.

  • A I-A; II-B; III-C.
  • B I-B; II-A; III-C.
  • C I-C; II-A; III-B.
  • D I-A; II-C; III-B.
  • E I-B; II-C; III-A.