Questões de UEG

Limpar Busca

No enunciado “Quando uma pessoa chega a não ter o que comer é porque tudo o mais já lhe foi negado”, o pronome indefinido destacado serve como um elemento de substituição que forma um nexo coesivo com os seguintes vocábulos:

  • A Terra, renda, emprego, salário, educação, economia, vida e cidadania.
  • B Emprego, salário, educação, fome e educação.
  • C Renda, salário, saúde, educação e economia.
  • D Fome, educação, moradia, terra e economia.
  • E Fome, saúde, salário, vida e cidadania.

O mormo é uma enfermidade infecto – contagiosa, considerada uma das mais antigas doenças dos eqüídeos, descrita por Aristóteles e Hipócrates nos séculos III e IV a.C. Com relação ao "Mormo", assinale a alternativa incorreta.

  • A Os sinais clínicos mais frequentes são febre, tosse e corrimento nasal. Inicialmente, as lesões nodulares evoluem para úlceras que após a cicatrização formam lesões em forma de estrelas. Estas lesões ocorrem com maior frequência na fase crônica da doença, que é caracterizada por três formas de manifestação clinica: a cutânea, linfática e respiratória, porém estas não são distintas, podendo o mesmo animal apresentar todas simultaneamente
  • B Animais infectados e portadores assintomáticos são importantes fontes de infecção. A disseminação do microorganismo no ambiente ocorre pelos alimentos, água e fômites, principalmente cochos e bebedouros. Raramente, a forma cutânea da infecção decorre do contato direto com ferimentos ou por utensílios usados na monta dos animais. Lesões pulmonares crônicas, que se rompem nos brônquios e infectam as vias aéreas superiores e secreções orais e nasais, representam a mais importante via de excreção.
  • C O diagnóstico do mormo consiste na associação dos aspectos clínico – epidemiológicos, anátomo – histopatologicos, isolamento bacteriano, inoculação em animais de laboratório, reação imunoalérgica (maleinização), testes sorológicos como a fixação do complemento e ELISA.
  • D O agente atinge a corrente sanguínea e se instala no coração e Sistema Nervoso Central, fazendo septicemia (forma aguda) e posteriormente, bacteremia (forma crônica). O microorganismo localiza-se no pulmões, mas a pele e a mucosa nasal também são sítios comuns de localização.
  • E O mormo é uma doença causada por uma bactéria antigamente conhecida como Pseudomonas mallei e mais recentemente designada como Burkholderia mallei, que é um bacilo gram negativo encontrado em secreções das lesões nasais e cutâneas.

Na construção de seu texto, Herbert de Souza recorre a alguns vocábulos constituídos por prefixos e/ou sufixos. Em relação à morfologia de tais vocábulos, É VÁLIDO afirmar que:

  • A Assustador e miseráveis apresentam prefixos e sufixos.
  • B Frieza, radicalmente e exclusão apresentam prefixos e sufixos.
  • C Indignação, indigentes e reconstrução apresentam apenas prefixos.
  • D Naturalidade, tranquilidade e realidade são vocábulos que apresentam apenas sufixos.
  • E Naturalidade, tranquilidade e realidade são vocábulos que apresentam prefixos e sufixos.
Esta questão foi anulada pela banca organizadora.

Qual da alternativa abaixo está incorreta:

  • A Analgesia – diminuição temporária da capacidade de perceber estímulos dolorosos.
  • B Fixação – preensão ou derrubamento do animal com auxílio de fármacos e métodos mecânicos de contenção.
  • C Estesia – capacidade normal periférica de perceber qualquer estímulo sensorial (com exceção dos estímulos ópticos, acústicos, olfativos e gustativos).
  • D Imoblização – deixar o animal temporariamente sem movimentos, por meio de medicamentos adequados, aplicados via injeção, com o animal permanecendo consciente.
  • E Algesia – capacidade do sistema nervoso central de perceber estímulos dolorosos, inclusive o reconhecimento consciente da dor como reconhecimento incômodo até extremidade desagradável (dor fraca a forte).

Quanto à pontuação do texto, a afirmativa errada é:

  • A Os dois primeiros pontos finais depois de cada frase da fala da futura ministra mostram uma fragmentação desnecessária, que poderia ser evitada usando vírgulas e elementos de coesão.
  • B “São bandidos que estão lá para roubar a floresta, para não pagar impostos”. Se no lugar da vírgula fosse usado o conectivo e, a vírgula seria dispensável.
  • C O par de vírgulas que separa a oração “que assume em janeiro o Ministério da agricultura” se justifica por se tratar de um termo explicativo.
  • D A primeira vírgula é inadequada, pois separa o sujeito do predicado, prejudicando a compreensão do enunciado.
  • E O ponto final no primeiro período do texto poderia ser substituído por dois pontos sem prejuízo do sentido.