Questões de Interpretação de Textos (Português) Página 1

Às vezes assalta-me o terror de que todos os meus poemas sejam apócrifos. (1° parágrafo)

A frase acima está corretamente transposta para o discurso indireto do seguinte modo:

Disse que, às vezes,

  • A assaltou-lhe o terror de que todos os seus poemas me eram apócrifos.
  • B assaltava-lhe o terror de que todos os seus poemas fossem apócrifos.
  • C teria sido assaltado pelo terror de que todos os meus poemas foram apócrifos.
  • D fui assaltado pelo terror de que todos os meus poemas serão apócrifos.
  • E será assaltado pelo terror de que todos os seus poemas lhe eram apócrifos.

Contudo, a faculdade de arbitrar entre as premências do presente e os objetivos do futuro imaginado... (3o parágrafo)

O elemento sublinhado acima introduz, em relação ao que se afirmou antes, uma

  • A oposição.
  • B causa.
  • C consequência.
  • D finalidade.
  • E conclusão.

Ao retratar o consumismo moderno no âmbito da vida social e dos valores da pessoa, o autor

  • A coloca-se em posição de isenção, uma vez que não toma qualquer aspecto moral ou ético como referência válida para sua análise.
  • B inclina-se para aceitar a fatalidade histórica do consumo desenfreado, deixando ver que reconhece as inequívocas vantagens desse fenômeno.
  • C recrimina a antiga austeridade regida pela escassez, encontrando na realidade do mercado moderno um modelo a ser mantido.
  • D contrapõe posições historicamente divergentes quanto ao consumo de produtos e serviços, apontando traços essenciais dessa divergência.
  • E desconsidera o peso da vontade popular na dinâmica do consumo que o mercado moderno estabeleceu como um caminho inflexível.

No centro da argumentação desenvolvida no texto, está suposto que

  • A é o aprendizado de técnicas de propaganda que melhor serve à compreensão das artes.
  • B para a linguagem da propaganda é indiferente o produto que se disponha a vender.
  • C na venda de um produto de excelência a propaganda torna-se dispensável.
  • D a eventual ineficácia de um produto é compensada pela eficácia da propaganda.
  • E o trabalho dos publicitários modernos deve tudo ao que as grandes artes lhe legaram.

Está correta a redação do seguinte comentário:

  • A Coloca o poeta em situação inconveniente aqueles alunos à cujas perguntas não há respostas precisas.
  • B Atribui-se à um poeta, a noção, por vezes falsa, na qual saberá dizer de onde surge inspiração.
  • C Em ocasiões imprevisíveis costuma ocorrer ao poeta de modo repentino, imagens a serem transformadas em poemas.
  • D A criação de um poema demanda uma luta permanente, cujo desfecho é sempre incerto.
  • E A certo poeta, quando das intermináveis digressões sobre poesia, sempre adviram tédio e espanto.