Questões de Instrumentos de Gestão da Informação e do Conhecimento (Biblioteconomia)

Limpar Busca

Para Saracevic (1974, p. 61), “a) redundância de informação b) associação entre elementos de informação (classificação) c) ordenação dos elementos de informação e d) existência de relações ‘quasi-métricas’ entre elementos de informação” são propriedades que permitem o funcionamento eficiente de:

  • A sistemas de classificação.
  • B disseminação de informação.
  • C sistemas de informação.
  • D indexação de fotografias.
  • E bibliografias.

Castro e Ferrari (2016) mencionam que as funcionalidades da mineração de dados são utilizadas para especificar os tipos de informação a serem obtidos nas tarefas de mineração. Sobre esse tema, considere as seguintes funcionalidades:

1. Análise de grupos: tarefa supervisionada que separa um conjunto de objetos em grupos.

2. Classificação: tarefa supervisionada para predição de valores discretos.

3. Regressão (ou estimação): tarefa supervisionada para predição de valores contínuos.

4. Associação: tarefa que descobre relações entre atributos por meio da detecção de anomalias nos conjuntos de dados.

É/São funcionalidade(s) da etapa de mineração:

  • A 1 apenas.
  • B 2 apenas.
  • C 1 e 4 apenas.
  • D 2 e 3 apenas.
  • E 3 e 4 apenas.

Castro e Ferrari (2016) ilustram na Figura abaixo o processo de descoberta de conhecimento em base de dados, conforme segue:



Sobre essas etapas, considere as seguintes tarefas:

1. Limpeza: para padronização dos dados.

2. Integração: para inserção de valores ausentes.

3. Transformação: para correção de inconsistências.

4. Redução: para reduzir a dimensão da base de dados.

É/São tarefa(s) de pré-processamento:

  • A 3 apenas.
  • B 4 apenas.
  • C 1 e 3 apenas.
  • D 2 e 4 apenas.
  • E 1, 2 e 4 apenas.

A Biblioteca do Ministério Público de Pernambuco oferece consulta on-line ao seu acervo por meio do Sistema

  • A de Gerenciamento de Bibliotecas e Centros de Informação - Dédalus.
  • B de Automação de Bibliotecas - SABi.
  • C Integrado de Bibliotecas - Pergamum.
  • D Integrado para a Automação de Bibliotecas e Centros de Pesquisa - Aleph.
  • E de Automação de Bibliotecas e Arquivos - SIABI.

Os dados relativos ao processamento dos itens do acervo podem constituir um ativo intangível vital para a biblioteca. Para o processamento de um livro são necessárias diversas ações dentro da instituição, sempre com o envolvimento de recursos humanos especializados. Quando é necessário refazer algum trabalho, há perda de tempo tanto do pessoal da biblioteca quanto dos usuários da biblioteca. No que diz respeito ao processamento dos itens do acervo, à perda de dados produzidos nesse acervo e suas consequências, é correto afirmar que

  • A situações de perda são inevitáveis e não é possível prever se ocorrerão, nem quais itens do acervo poderão ter seus dados perdidos, sendo, portanto, impossível definir qualquer estratégia para a proteção dos dados relativa ao processamento técnico desses itens.
  • B é vital que exista um planejamento de proteção dos dados, de maneira que, em caso de ocorrência de algum evento que venha a prejudicar os resultados do processamento técnico, tais dados possam ser recuperados a partir de fontes próprias seguras, destacando-se dentre as estratégias a serem consideradas a manutenção de rotinas de cópias de segurança.
  • C a estratégia mais eficaz consiste em ter cuidado redobrado com a utilização dos itens do acervo, cujo processamento técnico demande mais tempo: esse cuidado deve ser direcionado para obras volumosas ou cujo conteúdo, pela tecnicidade, requeira conhecimentos técnicos ou científicos para o seu processamento técnico.
  • D preocupações dessa natureza, embora respaldadas pelo valor desses ativos intangíveis, não têm potencial de afetar o bom funcionamento da biblioteca, visto que, mesmo que todo o processamento técnico se perca, haverá sempre o próprio acervo, a partir do qual pode-se sempre recuperar qualquer dado que eventualmente tenha sido perdido ou danificado.