Questões de Breve histórico da qualidade na Administração Pública (Administração Pública)

Limpar Busca

Com relação à gestão da qualidade, à gestão de projetos e à Administração Pública, julgue o item.
A teoria do defeito zero, publicada no Japão, foi a primeira a justificar teoricamente os esforços que devem ser empreendidos para atingir a qualidade industrial.

  • Certo
  • Errado
O Brasil, nos últimos anos, pós-Constituição Federal de 1988, passou a experimentar um conjunto de experiências voltadas ao aumento da participação social. Já se demonstra que há uma gama bem diversa de experiências que variam em termos de seus desenhos, do grau de institucionalização e dos resultados que promovem. De forma geral, no entanto, demonstra(m)-se como resultado(s) concreto(s) das experiências de participação em curso:
  • A redução de custos de transação e garantia da heterogeneidade de interesses nas decisões tomadas pelo poder público.
  • B envolvimento de mais atores no processo decisório e, assim, eliminação de pontos de veto.
  • C aceleração dos processos decisórios, reduzindo custos de transação para o poder público.
  • D promoção de decisões mais efetivas tomadas com maior rapidez pelo poder público em discussão com atores privados.
  • E heterogeneidade de atores envolvidos no processo decisório e contribuição para antecipação da contestabilidade.

A gestão da qualidade na Administração Pública no Brasil, compartilhada por estados e municípios, conforme a ótica do governo federal, segue determinados princípios próprios. Assinale a alternativa que apresenta alguns desses princípios.

  • A Satisfação do cidadão e aumento da arrecadação.
  • B Valorização do servidor e identificação de requisitos.
  • C Adoção das melhores práticas e reciprocidade.
  • D Publicidade e reciprocidade.
  • E Foco na satisfação do cidadão e melhoria contínua, redução de custos e busca da inovação.

Segundo os Cadernos MARE - Ministério da Administração e Reforma do Estado, as iniciativas para a implantação da Qualidade na Administração pública brasileira estabelecem uma série de objetivos de maior ou menor amplitude. NÃO é um objetivo explícito dessas iniciativas a

  • A melhora da eficiência do aparelho estatal.
  • B definição de indicadores de desempenho.
  • C promoção da qualidade de vida do cidadão.
  • D capacitação dos servidores.
  • E promoção da imagem do país no exterior.

No tocante à problemática da “qualidade na administração pública” no Brasil, considere as afirmações abaixo.

I. Sua discussão está bastante enraizada no contexto de reforma do Estado brasileiro de meados dos anos 90.

II. Toma por princípio a necessidade de separação entre metas de “qualidade” e de “participação” (dos servidores), pois entende que a busca simultânea destes dois objetivos levaria à dispersão de recursos e reduziria a consecução de resultados, no tocante aos ganhos de qualidade.

III. Traz como um de seus sustentáculos a definição de indicadores de desempenho para avaliação de resultados e de níveis de satisfação dos clientes internos e externos.

IV. Relaciona-se com a busca da mudança de uma cultura administrativa de acento burocrático para uma cultura com orientação gerencial.

Está correto o que se afirma APENAS em

  • A I, III e IV.
  • B II e III.
  • C II e IV.
  • D I e III.
  • E I, II e IV.