Questões de Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GESPÚBLICA (Administração Pública)

Limpar Busca

A burocracia na gestão pode apresentar um conjunto de disfunções na Administração Pública que justificaram a reforma do estado em diferentes países.


O excesso de burocracia gera nas organizações a

  • A ampliação da liberdade de ação
  • B internalização de normas e formalismo
  • C personalização de tarefas e cargos
  • D redução de autoridade hierárquica
  • E restrição de documentação formal

Um governante, defensor da Nova Gestão Pública, decidiu que implementaria um plano de gestão voltado à convergência da gestão pública à gestão privada. Para tal, aprovou um conjunto de orientações de gestão alinhadas à gestão privada. Entretanto, uma das orientações aprovadas estava equivocada por não permitir essa convergência.


A orientação equivocada do governante era a que dizia respeito à(ao)

  • A ênfase no desempenho por meio de mensuração de indicadores de custos, processos e resultados/ impactos.
  • B constituição de grandes organizações multifuncionais centralizadoras.
  • C preferência por formas organizacionais mais enxutas e especializadas.
  • D foco no tratamento de usuários de serviços como clientes.
  • E compartilhamento de responsabilidades e remuneração por desempenho.

Considerando o modelo patrimonial que marca nossa herança e os elementos da prática de gestão do Estado, assinale a opção correta.

  • A O patrimonialismo pode ser visto como uma superposição estreita entre a dimensão pública e a privada, possibilitando essa imbricação o surgimento de uma estrutura que mais tarde será importante para fortalecimento do Estado de bem-estar nacional.
  • B A noção de patrimonialismo está arraigada a uma concepção de sociedade marcada por liberdades individuais, com exaltação máxima do indivíduo que atue em nome de seus interesses particulares.
  • C Na definição de modelos de gestão pública, são marcantes a dimensão pública e a privada; no patrimonialismo elas se caracterizam como extensão uma da outra
  • D O patrimonialismo encontra-se profundamente engendrado na lógica inaugurada pelo Estado moderno e encontra apoio em muitas formações sociais até os dias atuais.
  • E Após as muitas reformas administrativas ocorridas nos Estados modernos, elementos de práticas de gestão contemporâneas estão imunes às lógicas identificadas no patrimonialismo.

Na esfera da gestão pública, a participação da sociedade é um princípio constitucional que proporciona a interação do Estado com a sociedade. Quanto à efetivação desse princípio na administração pública, há várias teses, uma das quais defende a ideia de que participação da sociedade na administração pública

  • A pode ocupar o lugar da representação política exercida legitimamente pelos representantes do povo.
  • B pode servir de instrumento de manobra e de indicações políticas dos prefeitos locais
  • C é onerosa ao poder público por causa dos custos decisórios que essa participação demanda.
  • D é um instrumento importante para a transparência da gestão pública.
  • E pode gerar decisões que favoreçam grupos privilegiados no processo de tomada de decisão.
Com relação à gestão da qualidade, à gestão de projetos e à Administração Pública, julgue o item.

O mapa linear de responsabilidade é um instrumento essencial para a organização de projetos.
  • Certo
  • Errado