Questões de Traumas (Medicina)

Limpar Busca
São formações fibrosas regenerativas, decorrentes de traumas mecânicos, infecções, inflamações ou sangramentos, e quando ocorrem na pelve remetem à infertilidade, dor pélvica crônica, dispareunia e em casos mais graves, obstrução intestinal. O conceito acima define:
  • A Doença inflamatória pélvica.
  • B Aderências pélvicas.
  • C Endometriose.
  • D Síndrome da Congestão Pélvica.

No que se refere ao trauma de tórax, analise os itens a seguir e, ao final, assinale a alternativa correta:

I A causa mais comum de pneumotórax hipertensivo é a lesão das vias aéreas.

II – Na denominada “ferida torácica aspirativa” ou pneumotórax aberto, ocorre o equilíbrio imediato entre as pressões atmosférica e intratorácica.

III A traumatopneia é normalmente observada em caso de pneumotórax hipertensivo.

  • A Apenas o item I é verdadeiro.
  • B Apenas o item II é verdadeiro.
  • C Apenas o item III é verdadeiro.
  • D Apenas os itens I e III são verdadeiros.
  • E Todos os itens são verdadeiros.

No que se refere ao trauma de tórax, analise os itens a seguir e, ao final, assinale a alternativa correta:


I – A causa mais comum de pneumotórax hipertensivo é a lesão das vias aéreas.

II – Na denominada “ferida torácica aspirativa” ou pneumotórax aberto, ocorre o equilíbrio imediato entre as pressões atmosférica e intratorácica.

III – A traumatopneia é normalmente observada em caso de pneumotórax hipertensivo.

  • A Apenas o item I é verdadeiro.
  • B Apenas o item II é verdadeiro.
  • C Apenas o item III é verdadeiro.
  • D Apenas os itens I e III são verdadeiros.
  • E Todos os itens são verdadeiros.

A fratura é a quebra de um osso. Pode ser completa (quando separa as partes) ou incompleta (fissura). As fraturas denominadas ‘abertas’ são aquelas em que:

  • A existe um ferimento no local da fratura, mas o osso não aparece.
  • B não há solução de continuidade entre pele e osso fraturado.
  • C há abertura na pele por onde se expõe o osso fraturado.
  • D o osso fraturado penetra na pele buscando um caminho de saída até rompê-la e retomar o sangramento inicial.
  • E um osso parte provocando dor, incapacidade de movimento, formando uma área arroxeada ou até mesmo uma deformidade no local em que ocorreu a fratura.

No traumatismo de crânio, deve-se avaliar preferencialmente:

  • A resposta motora, pupilas e condição ventilatória.
  • B sensibilidade, resposta motora e pupilas.
  • C resposta motora, resposta verbal e abertura ocular.
  • D resposta motora, condição ventilatória e crise convulsiva.
  • E sensibilidade, pupilas e condição ventilatória.