Questões de Envenenamentos e Acidentes (Medicina)

Limpar Busca

No que se refere ao trauma de tórax, analise os itens a seguir e, ao final, assinale a alternativa correta:


I – A causa mais comum de pneumotórax hipertensivo é a lesão das vias aéreas.

II – Na denominada “ferida torácica aspirativa” ou pneumotórax aberto, ocorre o equilíbrio imediato entre as pressões atmosférica e intratorácica.

III – A traumatopneia é normalmente observada em caso de pneumotórax hipertensivo.

  • A Apenas o item I é verdadeiro.
  • B Apenas o item II é verdadeiro.
  • C Apenas o item III é verdadeiro.
  • D Apenas os itens I e III são verdadeiros.
  • E Todos os itens são verdadeiros.
São formações fibrosas regenerativas, decorrentes de traumas mecânicos, infecções, inflamações ou sangramentos, e quando ocorrem na pelve remetem à infertilidade, dor pélvica crônica, dispareunia e em casos mais graves, obstrução intestinal. O conceito acima define:
  • A Doença inflamatória pélvica.
  • B Aderências pélvicas.
  • C Endometriose.
  • D Síndrome da Congestão Pélvica.

No que se refere ao trauma de tórax, analise os itens a seguir e, ao final, assinale a alternativa correta:

I A causa mais comum de pneumotórax hipertensivo é a lesão das vias aéreas.

II – Na denominada “ferida torácica aspirativa” ou pneumotórax aberto, ocorre o equilíbrio imediato entre as pressões atmosférica e intratorácica.

III A traumatopneia é normalmente observada em caso de pneumotórax hipertensivo.

  • A Apenas o item I é verdadeiro.
  • B Apenas o item II é verdadeiro.
  • C Apenas o item III é verdadeiro.
  • D Apenas os itens I e III são verdadeiros.
  • E Todos os itens são verdadeiros.

A Portaria n° 204 de 17/02/2016 estabeleceu que as intoxicações exógenas (por substâncias químicas, incluindo agrotóxicos, gases tóxicos e metais pesados), devem ser tratadas como um agravo à saúde de notificação compulsória semanal. Este componente da vigilância das intoxicações exógenas fornece as informações tanto para o acompanhamento dos casos individualmente, como para a identificação do perfil epidemiológico da população atingida pelas intoxicações.
É correto afirmar:
I. Dependendo do agente envolvido podem ser solicitados exames laboratoriais, ECG, exames de imagem (RX, TC) ou endoscopia digestiva alta. II. O manejo adequado de um paciente com suspeita de intoxicação depende do agente envolvido e da sua toxicidade, assim como do tempo decorrido entre a exposição e o atendimento. Além do suporte, o tratamento envolve medidas específicas como descontaminação, administração de antídotos e técnicas de eliminação. III. O carvão ativado na maioria das vezes deverá ser utilizado em dose única, porém pode ser administrado em doses múltiplas como medida de eliminação, em exposições a agentes de ação prolongada ou com circulação ênterohepática, como o fenobarbital, carbamazepina, dapsona, clorpropramida, dentre outros. As formas de administração em dose única são: Crianças: 2,5 g/kg, em uma suspensão com água ou SF 0,9% na proporção de 4-8 mL/g. º Adultos: 100 g em 250 mL de água ou SF 0,9%. IV. Hemodiálise ou hemoperfusão: são técnicas comunmente utilizadas. São geralmente indicadas quando a velocidade de depuração da substância pode ser menor pela remoção extracorpórea do que pelo próprio clearance endógeno, que ocorre nos casos de nítida deterioração do quadro clínico do paciente ou quando os níveis séricos da substância determinam mau prognóstico. A hemodiálise pode ser útil em intoxicações por fenobarbital, teofilina, lítio, salicilatos e álcoois tóxicos.
A sequência correta é:

  • A Apenas as assertivas I e II estão corretas.
  • B Apenas as assertivas I e IV estão corretas.
  • C As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
  • D Apenas a assertiva III está correta.

Os acidentes ocasionados por serpentes, escorpiões, aranhas e abelhas constituem um grave problema de saúde pública no Brasil. A Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu os acidentes ofídicos na lista das doenças tropicais negligenciadas que acometem, na maioria das vezes, populações pobres que vivem em áreas rurais. No Brasil, as serpentes peçonhentas de interesse em saúde pública pertencem às famílias Viperidae e Elapidae. Sobre os tipos de divisão dos acidentes, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) Acidentes botrópicos (acidentes com serpentes dos gêneros Bothrops e Bothrocophias – jararaca, jararacuçu, urutu, caiçaca, comboia). ( ) Acidentes laquéticos (acidentes com serpentes do gênero Crotalus – cascavel). ( ) Acidentes elapídicos(acidentes com serpentes dos gêneros Micrurus e Leptomicrurus – coralverdadeira). ( ) Acidentes crotálicos(acidentes com serpentes do gênero Lachesis – surucucu-pico-de-jaca) A sequência está correta em

  • A V, V, F, V.
  • B F, F, V, V.
  • C V, F, V, F
  • D F, V, F, F.