Questões de Serviço Social e Minorias: grupos étnicos/raciais, movimentos sociais, questão agrária e questão habitacional (Serviço Social)

Limpar Busca

Iamamoto (2000, p. 162) indica um encaminhamento possível para o enfrentamento dos rebatimentos das orientações neoliberais manifestas na realidade de precariedade dos serviços públicos no contexto do serviço social, assinale a alternativa correta.

  • A A mudança desse quadro assinalado depende apenas de nós, como frequentemente fazemos de maneira voluntarista.
  • B Só nos resta o imobilismo, à descrença e à desilusão.
  • C Propor um conjunto de medidas burocráticoadministrativas para conduzir, por si só, à realização da cidadania e das políticas sociais.
  • D Uma gestão racional, eficiente de verbas e completa autonomia em nosso campo de trabalho.
  • E Nos unir, como profissionais e cidadãos, a outras forças sociopolíticas presentes na sociedade, pela defesa dos direitos sociais conquistados e sua ampliação, pela crescente participação dos usuários e das organizações da sociedade civil na gestão dos serviços públicos.

Com relação a assessoria, consultoria e supervisão em serviço social, julgue o próximo item.

Na bibliografia do serviço social brasileiro, a definição de assessoria em serviço social é imprecisa; pode ser entendida como uma supervisão profissional, como trabalho interventivo junto a comunidades ou movimentos sociais, ou como militância política.

  • Certo
  • Errado

A respeito da prioridade de atendimento a segmentos da população brasileira assegurada por lei, julgue o próximo item.

Os obesos têm direito à prioridade de atendimento em todas as instituições financeiras.

  • Certo
  • Errado

A categoria gênero foi uma contribuição teórica do movimento feminista, sobre seus conhecimentos de gênero em uma perspectiva materialista histórica e dialética. Analise a charge a seguir e marque a resposta correta:


  • A A discussão de gênero é duramente criticada pela perspectiva materialista histórica e dialética, justamente pelo que mostra a charge, pois essa discussão não chega à classe trabalhadora, não possibilitando um projeto emancipatório de sociedade, uma vez que somente as mulheres da burguesia seriam beneficiadas.
  • B A charge mostra uma problemática relevante que merece atenção na discussão de gênero, categoria que não deve ser tomado como totalidade autônoma, portanto, irrelevante na concepção materialista histórica e dialética que tem como projeto de sociedade o fim das classes sociais.
  • C É possível utilizar a categoria gênero em sintonia com uma perspectiva materialista histórica e dialética, mas é necessário integrar a discussão de movimentos sociais, uma vez que é a discussão mais importante dentro dessa perspectiva, caso contrário, ocorrerá à fragmentação das lutas.
  • D Gênero não deve ser tomado de forma autônoma ou absolutizada (como a charge mostra). Essa categoria só é fecunda na concepção materialista histórica e dialética, quando as relações sociais são percebidas em conexão com outras categorias como raça/etnia e classe.
  • E Gênero é compreendido pela concepção materialista histórica e dialética como a mais importante para superar uma estrutura capitalista, considerando que o fim das classes não implicaria o fim às desigualdades entre homens e mulheres.
Os serviços de acolhimento previstos na Política Nacional para Inclusão Social da População em Situação de Rua, regulamentados nacionalmente pelas instâncias de pactuação e deliberação do Sistema Único de Assistência Social, têm o caráter de acolhimento
  • A permanente.
  • B emergencial.
  • C psicológico.
  • D individual.
  • E temporário.