Questões de Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público - DCASP (Contabilidade Pública)

Limpar Busca

A partir do contexto apresentado, analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.

Considerando-se que determinada receita tenha sido arrecadada e permaneça no caixa, integrando o ativo financeiro do ente público ao fim do exercício, e que exista, concomitantemente, despesa empenhada com a ocorrência de fato gerador, mas sem a correspondente liquidação, deverá


I - ser registrado o passivo financeiro correspondente ao empenho, atendidos os demais requisitos legais;


PORTANTO,


II - a receita poderá ser utilizada para abertura de novo crédito.


Em relação às asserções, é correto afirmar que

  • A as duas são falsas.
  • B a primeira é falsa e a segunda é verdadeira.
  • C a primeira é verdadeira e a segunda é falsa.
  • D as duas são verdadeiras e a segunda conclui a primeira.
  • E as duas são verdadeiras, mas a segunda não conclui a primeira.

Sobre as transferências constitucionais e legais, analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.


I - No momento do ingresso efetivo do recurso de transferências constitucionais e legais, o ente recebedor deverá efetuar a baixa do direito a receber (ativo) em contrapartida do ingresso no banco; simultaneamente deve-se registrar a receita orçamentária realizada em contrapartida da receita a realizar nas contas de controle da execução do orçamento,


PORQUE


II - esse procedimento ocasiona a formação de um superávit financeiro superior ao lastro financeiro existente no ente recebedor.


Em relação às asserções, é correto afirmar que

  • A as duas são falsas.
  • B a primeira é falsa e a segunda é verdadeira.
  • C a primeira é verdadeira e a segunda é falsa.
  • D as duas são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.
  • E as duas são verdadeiras, mas a segunda não justifica a primeira.

A partir das definições da Lei nº 4.320/64, é INCORRETO afirmar que

  • A a dívida flutuante é compreendida pelos restos a pagar, excluídos os serviços da dívida; pelos serviços da dívida a pagar; pelos depósitos e os débitos de tesouraria.
  • B a Lei de Orçamento poderá conter autorização ao Executivo para abrir créditos suplementares até determinada importância, obedecidas as disposições do artigo 43 da Lei nº 4.320/64, e realizar em qualquer mês do exercício financeiro operações de crédito por antecipação da receita, para atender a insuficiências de caixa.
  • C o balanço patrimonial deve demostrar o ativo financeiro, o ativo permanente, o passivo financeiro, o passivo permanente, o saldo patrimonial e as contas de compensação.
  • D a proposta orçamentária que o Poder Executivo encaminhará ao Poder Legislativo nos prazos estabelecidos nas constituições e nas leis orgânicas dos municípios compor-se-á de mensagem, projeto de lei de orçamento e tabelas explicativas.
  • E acompanharão a Lei de Orçamento o sumário geral da receita por fontes e da despesa por funções do Governo; o quadro demonstrativo da receita e despesa segundo as categorias econômicas; o quadro discriminativo da receita por fontes e respectiva legislação e o quadro das dotações por órgãos do Governo e da Administração.

A Demonstração das Variações Patrimoniais é uma Demonstração Contábil Aplicada ao Setor Público que:

  • A apresenta um indicador de desempenho, assim como o lucro/prejuízo na Demonstração do Resultado do Exercício.
  • B proporciona uma análise de como o Patrimônio Público foi alterado quantitativamente pelas políticas adotadas.
  • C é elaborada com contas de todas as classes da Natureza de Informação Patrimonial.
  • D representa o confronto das receitas e das despesas, tanto sob o enfoque patrimonial quanto sob o enfoque orçamentário.
  • E evidenciará a evolução de todas as contas do patrimônio líquido da entidade.

São todas Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público:

  • A Demonstração das Variações Orçamentárias, Balanço Patrimonial e Demonstração dos Fluxos de Caixa.
  • B Demonstração do Valor Adicionado, Balanço Orçamentário e Demonstração das Variações Patrimoniais.
  • C Demonstração das Mutações no Patrimônio Líquido, Demonstração dos Fluxos de Caixa e Balanço Patrimonial.
  • D Demonstração das Mutações do Orçamento, Balanço Financeiro, e Demonstração do Resultado Abrangente.
  • E Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração das Variações Financeiras e Balanço Orçamentário.