Questões da Prova da Câmara Municipal de Aracaju - SE - Analista Administrativo (2021)

Limpar Busca

“O envelhecimento da população brasileira e a falta de dinamismo econômico deixam cada vez mais municípios dependentes da renda de aposentadorias, pensões e demais benefícios do INSS, como o auxílio a idosos de baixa renda. Em 693 cidades do país, os pagamentos do INSS já superam 25% do PIB local. O número de municípios nessa situação quase dobrou nos últimos 15 anos.”
Nesse texto há um problema de ambiguidade no seguinte segmento:

  • A “O envelhecimento da população brasileira e a falta de dinamismo econômico”;
  • B “deixam cada vez mais municípios dependentes da renda de aposentadorias, pensões e demais benefícios do INSS”;
  • C “como o auxílio a idosos de baixa renda”;
  • D “Em 693 cidades do país, os pagamentos do INSS já superam 25% do PIB local”;
  • E “O número de municípios nessa situação quase dobrou nos últimos 15 anos.”

“O envelhecimento da população brasileira e a falta de dinamismo econômico deixam cada vez mais municípios dependentes da renda de aposentadorias, pensões e demais benefícios do INSS, como o auxílio a idosos de baixa renda.”
Sobre esse segmento de texto, a única afirmação INADEQUADA à sua estruturação é:

  • A o envelhecimento da população brasileira e a falta de dinamismo econômico são apontados como razões para a dependência de muitos municípios das rendas do INSS;
  • B o termo “dependentes da” se liga semanticamente a “renda de aposentadorias, pensões e demais benefícios do INSS”;
  • C o termo “como o auxílio a idosos de baixa renda” funciona como um exemplo dos “demais benefícios do INSS”;
  • D os termos “O envelhecimento da população brasileira” e “a falta de dinamismo econômico” podem trocar de posição sem modificação de sentido;
  • E o termo “O envelhecimento da população brasileira” é apontado como causa da “falta de dinamismo econômico”.

“O envelhecimento da população brasileira e a falta de dinamismo econômico deixam cada vez mais municípios dependentes da renda de aposentadorias, pensões e demais benefícios do INSS, como o auxílio a idosos de baixa renda. Em 693 cidades do país, os pagamentos do INSS já superam 25% do PIB local. O número de municípios nessa situação quase dobrou nos últimos 15 anos.”
A preposição DE é empregada textualmente como introdutora de termo independente dos segmentos anteriores ou como termo solicitado por um desses termos.
O segmento abaixo que exemplifica esse último caso é:

  • A da população brasileira;
  • B de aposentadorias;
  • C de baixa renda;
  • D do INSS;
  • E de municípios.

Abaixo aparecem cinco manchetes jornalísticas de um jornal carioca; a única delas que mostra influência da visão do redator é:

  • A Infecções pelo coronavírus disparam na Itália;
  • B Aumenta número de cidades que dependem do INSS;
  • C Temporal deixa 4 mortos no Rio;
  • D Relatos de abuso sexual crescem no Brasil;
  • E Congresso pode reduzir prazo de tramitação de MPs.

“PMs do Ceará aceitam proposta e encerram motim”
Essa manchete é composta de duas orações; a relação lógica que se estabelece entre elas é:

  • A a segunda oração indica a causa da primeira;a segunda oração indica a causa da primeira;
  • B a primeira oração é confirmada pela segunda;
  • C a segunda oração ocorre após a primeira;
  • D a segunda oração é uma explicação da primeira;
  • E as duas orações são cronologicamente simultâneas.