Questões de Regência (Português)

Limpar Busca

“São considerados casos suspeitos os pacientes com sintomas da doença e que tenham viajado para área de transmissão ativa do vírus [...]”


Fazendo as alterações necessárias, preservando-se a correção conforme a norma-padrão e o sentido do contexto da frase, o pronome relativo em destaque pode ser substituído por:

  • A “cujos”.
  • B “onde”.
  • C “a quem”.
  • D “os quais”.

“A chamada educação financeira, cuja oferta hoje depende da estrutura de cada rede de ensino, passa a ser direito de todos os brasileiros, previsto na chamada Base Nacional Comum Curricular (BNCC).”


O pronome relativo em destaque introduz efeito semântico de:

  • A Posse e poderia ser substituído por “da qual a”.
  • B Posse e poderia ser substituído por “de quem a”.
  • C Lugar e poderia ser substituído por “na qual a”.
  • D Lugar e poderia ser substituído por “em quem a”.

“O Pisa oferece avaliação em competência financeira de forma optativa aos países integrantes do programa.”


O verbo dessa oração possui dois complementos cujas regências são:

  • A Ambas diretas.
  • B Ambas indiretas.
  • C Direta (sem preposição) e indireta (com preposição), respectivamente.
  • D Indireta (com preposição) e direta (sem preposição), respectivamente.

Na composição de Guilherme Arantes, no trecho: “Água que nasce na fonte serena do mundo/ E que abre um profundo grotão” destaca-se um verbo que possui a mesma regência que o verbo indicativo alternativa a seguir:

  • A As pessoas precisam de ajuda para viver bem.
  • B Os fãs necessitavam do amor do artista.
  • C Os livros são incríveis!, disse o leitor.
  • D O ídolo morreu ontem.
  • E É importante que as pessoas façam o que amam.

Os verbos destacados a seguir estão corretamente classificados quanto à sua transitividade nos parênteses, exceto:

  • ACausou-me certa irritação ler um folheto [...]” (BITRANSITIVO)
  • B “[...] genes que favorecem a resistência.” (TRANSITIVO DIRETO)
  • C “[...] a justificativa apresentada preocupou-me.” (TRANSITIVO INDIRETO).
  • D “[...] alertando sobre o perigo de parar de tomar comprimidos [...]” (TRANSITIVO INDIRETO)