Questões de Teoria do Espelho (Jornalismo)

Limpar Busca

Fundamentado nas teorias do jornalismo, é incorreto afirmar que:

  • A A Teoria da ação política tem duas versões: uma que afirma que as notícias são discordantes da realidade pelo fato de os jornalistas não terem autonomia e estarem sujeitos a um controle ideológico do serviço da classe dominante e do poder; e outra na qual os media noticiosos são instrumentos da ideologia dos jornalistas.
  • B A teoria do espelho apresenta a notícia como reflexo da realidade, na qual o jornalista tem a função de relatar os fatos e transmitir as informações pertinentes com objetividade e sendo fiel às regras e procedimentos.
  • C Gatekeeping é conhecida como a Teoria da Ação Pessoal. É uma abordagem microssociológica, no nível do indivíduo, com ênfase na percepção individual do jornalista, caracterizando a seleção como subjetiva.
  • D A teoria organizacional ganhou força especialmente nos anos 1960, a partir do estudo seminal de Warren Breed. Ela destaca que a cultura organizacional está acima da cultura profissional.
  • E Newsmaking é a teoria que concebe como impossível os media simplesmente refletirem a realidade através das notícias, argumentando que as próprias notícias ajudam a construir a realidade.

Inspirada no Positivismo do filósofo francês Auguste Comte (1798-1857), foi a primeira metodologia usada na tentativa de compreender a construção da notícia. Desenvolvida ainda no século XIX, parte da ideia de que o jornalista reflete o que é a realidade, ou seja, as notícias são como são porque a realidade assim as determina. Nesse sentido, o jornalista seria apenas um mediador neutro e imparcial de tudo o que acontece na sociedade e a imprensa um reflexo do cotidiano e da realidade.


Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a que teoria se refere o texto.

  • A Indústria Cultural.
  • B Jornalismo Reflexivo.
  • C Teoria Construcionista.
  • D Teoria Construtivista.
  • E Teoria do Espelho.

Com relação às principais teorias do jornalismo, numere a COLUNA II de acordo com a COLUNA I, relacionando a teoria com a sua definição:
COLUNA I 1. Teoria organizacional 2. Teoria do espelho 3. Teoria do gatekeeper 4. Teoria estruturalista
COLUNA II ( ) Processo de produção da informação é concebido como uma série de escolhas, no qual o fluxo de notícias tem que passar por diversos portões. ( ) Os jornalistas são simples mediadores que reproduzem o acontecimento. ( ) O campo jornalístico é encarado como um espaço de reprodução da ideologia dominante, não havendo lugar para o jornalismo de investigação. ( ) Os pontos de vista da direção da empresa jornalística chegam a controlar o trabalho do jornalista.
Assinale a sequência correta.

  • A 4 2 3 1
  • B 3 2 4 1
  • C 3 1 2 4
  • D 1 3 4 2

Acerca da imparcialidade e da objetividade na comunicação, assinale a alternativa correta.

  • A O advento da internet reforça o mito da imparcialidade e da objetividade.
  • B Em Princípios Editoriais das Organizações Globo, documento divulgado em 2011, ocorre a primeira ruptura oficial, no mundo jornalístico, com a Teoria do Espelho.
  • C A Teoria do Espelho, inspirada no positivismo do filósofo francês Auguste Comte (1798-1857), apontava que a notícia seria de qualidade se o jornalista conseguisse retratar fielmente o fato como se houvesse uma imagem a ser refletida da notícia e que pudesse ser captada pelo profissional e assim transcrita.
  • D Objetividade é um termo que encontra diferentes significados no Jornalismo, na Ciência, no Direito e na História.
  • E A objetividade jornalística não pode ser enquadrada em um conjunto de normas e regras para a observação da realidade.

Nos anos 1970, as pesquisas trazem para o centro do debate acadêmico a possibilidade de as notícias serem elaboradas pelos jornalistas, colocando-se em questão, portanto, a ideia do jornalismo como “espelho da realidade”.

Surgem nessa época as(os)

  • A correntes funcionalistas
  • B teorias críticas
  • C teorias culturológicas
  • D teorias construcionistas
  • E estudos culturais