Questões de Modos de Aquisição da Propriedade Móvel (Direito Civil)

Limpar Busca

Examine o seguinte enunciado legal: Aquele que, trabalhando em matéria-prima em parte alheia, obtiver espécie nova, desta será proprietário, se não se puder restituir à forma anterior. Esta disposição refere-se à

  • A adjunção.
  • B ocupação.
  • C extinção.
  • D confusão.
  • E especificação.

"A" efetuou a venda com o recebimento do preço a a entrega do veículo “X" a "B" o qual não efetuou o registro da compra e venda no Departamento de Trânsito. Nesse caso.

  • A houve a transmissão da propriedade do veículo para “ B " .
  • B a transmissão da propriedade somente ocorrerá com o registro da venda na repartição de trânsito com efeito retroativo à data da entrega
  • C a transmissão da propriedade somente acorrerá a partir do registro da venda na repartição de trânsito.
  • D a transmissão da propriedade do veículo dependerá do regislro do contrato de compra e venda no registro de títulos e documentos.
Esta questão foi anulada pela banca organizadora.

Assinale a alternativa correta no tocante à aquisição da propriedade móvel.

  • A Será admitido o usucapião de bens móveis quando a posse for de boa fé, contínua e inconteste por cinco anos.
  • B Adquire a propriedade pela confusão aquele que, trabalhando em matéria-prima em parte alheia, obtiver espécie nova, se não se puder restituir à forma anterior.
  • C Independentemente de título e comprovada a boa fé, se a posse da coisa móvel se prolongar por mais de cinco anos, ocorrerá o usucapião.
  • D No direito brasileiro, não é admitido o assenhoramento de coisa sem dono.
  • E Adjunção é uma forma de aquisição da propriedade móvel prevista no Código Civil.

Sobre a aquisição da propriedade móvel e imóvel, assinale a alternativa INCORRETA.

  • A Adquire-se a propriedade imóvel, entre vivos, por meio do registro do título translativo no cartório de registro de imóveis competente.
  • B A aluvião diz respeito aos acréscimos formados, sucessiva e imperceptivelmente, por depósitos e aterros naturais ao longo das margens das correntes, ou pelo desvio das águas destas, os quais pertencem aos donos dos terrenos marginais, sem indenização.
  • C Aquele que possuir coisa móvel como sua, contínua e incontestadamente durante três anos, com justo título e boa-fé, adquirir-lhe-á a propriedade.
  • D O imóvel urbano que o proprietário abandonar, com a intenção de não mais o conservar em seu patrimônio, e que se não encontrar na posse de outrem, poderá ser arrecadado, como bem vago, e passar, três anos depois, à propriedade da União.
  • E Aquele que exercer, por 2 (dois) anos ininterruptamente e sem oposição, posse direta, com exclusividade, sobre imóvel urbano de até 250m² (duzentos e cinquenta metros quadrados) cuja propriedade divida com ex-cônjuge ou ex-companheiro que abandonou o lar, utilizando-o para sua moradia ou de sua família, adquirir-lhe-á o domínio integral, desde que não seja proprietário de outro imóvel urbano ou rural.

A propriedade dos automóveis só se adquire com a(o):

  • A inscrição no DETRAN.
  • B pagamento do preço.
  • C tradição.
  • D quitação.
  • E registro.