Questões de Classificação da Despesa Orçamentária (Contabilidade Pública) Página 1

Com base nessas informações e de acordo com o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, uma despesa orçamentária foi realizada em

  • A 12/12/2018 e em 31/12/2018 o ente público municipal inscreveu o valor de R$ 3.460,00 em restos a pagar processados
  • B 19/12/2018 e em 31/12/2018 o ente público municipal inscreveu o valor de R$ 3.460,00 em restos a pagar processados.
  • C 18/01/2019 e em 31/12/2018 o ente público municipal inscreveu o valor de R$ 3.460,00 em restos a pagar processados.
  • D 12/12/2018 e em 31/12/2018 o ente público municipal inscreveu o valor de R$ 3.460,00 em restos a pagar não processados.
  • E 19/12/2018 e em 31/12/2018 o ente público municipal inscreveu o valor de R$ 3.460,00 em restos a pagar não processados.

Durante o exercício financeiro, diversos eventos são registrados pela contabilidade, os quais podem ou não ter efeito no patrimônio da entidade e, no caso das entidades públicas, grande parte desses eventos está relacionada a execução orçamentária.

Um evento que, ao mesmo tempo, afeta quantitativamente o patrimônio líquido e resulta da execução orçamentária é:

  • A aquisição de material permanente;
  • B atualização monetária de passivo;
  • C depreciação de ativos imobilizados;
  • D despesa com pagamento de horas extras;
  • E perda de equipamentos por incêndio.
As fases ou etapas da despesa orçamentária podem ser divididas em: etapas do planejamento da despesa, em que podemos ter duas informações: dotação inicial e a dotação atualizada; e a fase da execução da despesa orçamentária, aqui dividindo-se em: empenho, liquidação e pagamento. Em virtude de dificuldades de arrecadação e/ou gestão administrativa, por exemplo, algumas despesas orçamentárias ficam pendentes de serem quitadas até o dia 31 de dezembro do exercício em curso, em função disso, esses valores são chamados de restos a pagar. Segundo o art.36 da lei 4.320/64 os restos a pagar, para serem encontrados, relacionam duas fases ou etapas da despesa orçamentária. Assinale a alternativa que atenda ao conceito de restos a pagar, segundo o art. 36 da lei 4.320/64: 
  • A é a dotação atualizada, menos a despesa empenhada.
  • B é a despesa empenhada, menos a despesa paga.
  • C é a despesa empenhada, menos a despesa liquidada.
  • D é a despesa liquidada, menos a despesa paga.
  • E é a dotação liquidada, menos o saldo de dotação.

O Estado obtém receitas de diversas fontes, tais como, da arrecadação de tributos (classificada na categoria econômica das __________) e da alienação de bens (classificada na categoria econômica das ________ ).


O Instituto Federal do Espírito Santo está diretamente subordinado ao Ministério da Educação no âmbito do Governo Federal. Este providenciará a descentralização orçamentária para aquele através de __________ para a aquisição de um imóvel em uso para a instalação de uma nova unidade do Instituto, portanto, uma __________, bem como para a compra de material de consumo de uso geral, portanto, uma ______. Para o pagamento de ambas as despesas, o Ministério providenciará uma descentralização financeira ao Instituto através de _________.


Completam de forma CORRETA as lacunas do texto na ordem prevista:

  • A Receitas correntes / receitas de capital / provisão / despesa de capital “investimentos” / despesa corrente “outras despesas correntes” / repasse.
  • B Receitas correntes / receitas de capital / destaque / despesa de capital “investimentos” / despesa de capital “inversões financeiras” / sub-repasse. 
  • C Receitas de capital / receitas correntes / destaque / despesa corrente “outras despesas correntes” / despesa de capital “investimentos” / repasse.
  • D Receitas correntes / receitas de capital / sub-repasse / despesa de capital “inversões financeiras” / despesa corrente “outras despesas correntes” / provisão.
  • E  Receitas correntes / receitas de capital / provisão / despesa de capital “inversões financeiras” / despesa corrente “outras despesas correntes” / sub-repasse.
As despesas correntes são os gastos de natureza operacional, realizados pelas instituições públicas, para a manutenção e o funcionamento dos seus órgãos. Pode-se identificar que as despesas correntes devem ser compreendidas pelos seguintes grupos de natureza da despesa: 
  • A Investimentos e inversão financeira.
  • B Inversão financeira e outras despesas correntes.
  • C Inversão financeira e pessoal e encargos sociais.
  • D Amortização da dívida e juros e encargos da dívida.
  • E Pessoal e encargos sociais e juros e encargos da dívida.