Resumo de Antropologia - O que é antropologia

A ciência se dedica ao estudo do ser humano em todos os seus aspectos

O que é antropologia? Essa é uma pergunta que pode ser respondida de forma simples: a antropologia é uma ciência que tem como objeto de estudo o ser humano e todas as suas dimensões. Isso quer dizer que esta ciência se dedica a estudar as diversas particularidades da vida social, as diferentes culturas e também as formas de construir uma sociedade.
A principal interesse desse campo de estudo é a diversidade, os modos de viver em humanidade, os grupos religiosos, étnicos, os movimentos migratórios, a formação dos espaços, a divisão entre a área rural e urbana, os meios de comunicação desses grupos, manifestações e produções culturais, como as pessoas se relacionam com o meio ambiente, quais são as narrativas construídas por esses grupos.

O que é antropologia e o que ela estuda

A palavra antropologia tem origem no grego, o termo “antropo” vem de , que quer dizer homem, e a palavra “logia” vem de , referindo-se à razão ou estudo. Desta forma, a pergunta o que a antropologia pode ser respondida como sendo o estudo do ser humano em seu sentido mais profundo e amplo. 
Essa ciência se dedica a compreender o homem e seu processo de evolução, ou seja, sua origem, formação e desenvolvimento, até se tornar aquilo que é hoje. Por isso, o antropólogo atua também como um historiador, pois ele precisa estudar o passado para identificar as raízes do ser humano e determinar onde tudo começou e como as coisas se desenvolveram.
Atualmente, os estudos antropológicos podem ser feitos de diversas maneiras, desde o seu início a antropologia tem avançado e desenvolvido vários métodos de pesquisa. Através da antropologia biológica, cultural, física, social ou linguística, a ciência questiona ou busca responder como as populações anteriores a essa viveram, como os seres humanos se formaram e também como as culturas se desenvolveram.

Para identificar esses aspectos, o antropólogo se insere completamente na cultura a qual busca estudar, com o objetivo de observar e construir teorias a respeito da formação física e cultural de determinado grupo social.



Tipos de antropologia

Os primeiros tipos de antropologia foram estabelecidos através dos estudos europeus do século XIX e XX. Entre eles, estavam as concepções:

Antropologia biológica ou física – esse campo de estudo se dedica a pesquisar a formação do ser humano limitando-se aos seus aspectos físicos. Junto a outras ciências, a exemplo da biologia, os antropólogos visam determinar como e quais os fatores contribuíram para que os seres humanos tenham desenvolvido algumas características físicas e também como esse fator pode variar a depender da sociedade. Por exemplo, ao estudar um grupo indígena, o antropólogo vai buscar entender, o que pode ter influenciado aquele povo a desenvolver suas características próprias. Foram aspectos climáticos? Questões biológicas?


Antropologia cultural – Essa área deixa de lado as questões físicas e passa para o campo da cultura. A antropologia cultural se dedica a pesquisar como as culturas de diferentes sociedades se formaram, como os hábitos e costumes se desenvolveram, como é possível que os valores, a culinária, a arte e a religião permanecem depois de tanto tempo. 

Antropologia linguística – Essa tipologia se baseia nos estudos da linguagem de uma sociedade ou grupo para determinar suas origens. Entre os teóricos responsáveis por desenvolver a antropologia linguística estão o alemão Franz Boas e o belga Claude Lévi-Strauss. Na metade do século XX, Strauss, criou uma teoria a qual chamou de antropologia estruturalista, que identifica as estruturas similares das pessoas de uma mesma cultura, baseado na linguagem.

Método antropológico

Para estudar os mitos, processos históricos, linguagens, hábitos, costumes, crenças, produções culturais, leis, aspectos físicos e biológicos de uma sociedade, a antropologia precisou desenvolver um método que pudesse dar conta de estudar todos esses elementos.
O método antropológico utilizado é o da etnografia, que consiste em descrever o trabalho de campo, em conjunto com a etnologia, que é um resumo dos conteúdos descritos no mesmo trabalho. Através de uma análise dos dados descritos, os antropólogos interpretam os fenômenos observados. É importante lembrar que a antropologia não é uma ciência que atua sozinha, mas em parceria com a história, linguística, arqueologia, biologia, sociologia e tantas outras. 
Voltar

Questões