Questões da Prova do Organização Social Viva Comunidade (VIVA COMUNIDADE-VIVA RIO) - Enfermeiro (2021)

Limpar Busca

A Política Nacional de Humanização (PNH) existe desde 2003 para efetivar os princípios do SUS no cotidiano das práticas de atenção e gestão, qualificando a saúde pública no Brasil. Sobre a PNH, é correto afirmar que:


I – atua a partir de orientações clínicas, éticas e políticas, que se traduzem em determinados arranjos de trabalho;

II – o acolhimento é reconhecer o que o outro traz como legítima e singular necessidade de saúde;

III – o acolhimento deve comparecer e sustentar prioritariamente a relação interpessoal entre equipes de profissionais, tendo esse acolhimento construído de forma individual;

IV - um SUS humanizado reconhece cada pessoa como legítima cidadã de direitos e valoriza e incentiva sua atuação na produção de saúde.


Dos itens acima mencionados, estão corretos, apenas:

  • A I, II e IV.
  • B II e III.
  • C II, III e IV.
  • D I e III.
  • E I, III e IV.

No setor da saúde, a informação subsidia o processo decisório, uma vez que auxilia no conhecimento sobre as condições de saúde, mortalidade e morbidade, fatores de risco, condições demográficas, entre outras. Um desses sistemas de informação consiste em reunir informações epidemiológicas referentes aos nascimentos informados em todo território nacional e apresenta atualmente um número de registros maiores do que o publicado pelo IBGE, com base nos dados de Cartório de Registro Civil.

Estamos falando do (a):

  • A SINAN.
  • B SINASC.
  • C SIM.
  • D SI-PNI.
  • E SINOP.

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) nasceu a partir do movimento social em prol da saúde pública. A respeito do CONASEMS, é correto afirmar que:

  • A é uma associação civil, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, de duração determinada e limitada.
  • B promove ações conjuntas que fortalecem a centralização política, administrativa e financeira do SUS.
  • C suas atividades compreendem reuniões, seminários, congressos, estudos, pesquisas, prestação de serviços, capacitação e educação permanente.
  • D um dos seus objetivos é a vedação da prestação de fiança, aval e demais espécies de caução real ou fidejussória.
  • E um dos seus princípios e normas é a manutenção de intercâmbio com associações e sociedades congêneres, nacionais e internacionais.

A Lei nº 12.401/2011 trata da Assistência Terapêutica e da Incorporação de Tecnologia em Saúde. A respeito desta Lei, é correto afirmar que:

  • A a dispensação de medicamentos e produtos de interesse para a saúde não faz parte da Assistência Terapêutica Integral.
  • B na ausência de protocolo clínico, a dispensação de medicamentos pode ser feita com base nas relações de medicamentos instituídas pelo gestor local, e a responsabilidade pelo fornecimento será pactuada na Secretaria Estadual de Saúde.
  • C dentro da Assistência Terapêutica Integral ocorre também a oferta de procedimentos terapêuticos, em regime ambulatorial e hospitalar exceto domiciliar.
  • D os protocolos clínicos e as diretrizes terapêuticas deverão estabelecer os medicamentos ou produtos necessários nas diferentes fases da doença ou do agravo à saúde de que tratam.
  • E na falta de protocolo clínico ou de diretriz terapêutica, ocorrerá a impossibilidade da dispensação dos medicamentos.

A Notificação Compulsória consiste na comunicação da ocorrência de casos individuais, agregados de casos ou surtos, suspeitos ou confirmados, da lista de agravos relacionados na Portaria. Dependendo da doença ou agravo, a notificação poderá ser imediata – em até 24 horas - ou semanal para os respectivos órgãos responsáveis. De acordo com a Portaria 264/2020, são exemplos de doenças ou agravos que poderão ser notificadas semanalmente:

  • A Acidente de trabalho grave, fatal e em crianças e adolescentes, acidente por animal peçonhento e acidente por animal potencialmente transmissor da raiva.
  • B Botulismo, Cólera e Coqueluche.
  • C Doença invasiva por haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, e doença aguda pelo vírus Zika em gestante.
  • D Eventos adversos graves ou óbitos pós-vacinação, febre de Chikungunya em áreas sem transmissão e Febre Amarela.
  • E Acidente de trabalho com exposição a material biológico, dengue - casos e doença de Chagas crônica.