Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Contagem - Auditor Fiscal - Fiscalização (FCM - 2020)

Limpar Busca

Considerando a interpretação desse poema em sua totalidade, a flor que nasceu na rua representa

  • A um sentimento reprimido do eu lírico.
  • B um alerta sobre a potência da natureza.
  • C um consolo aos que perderam um amor.
  • D uma esperança frágil em meio à desilusão.
  • E uma manifestação de amor à capital do país.

Por trazer à tona a visão subjetiva do eu lírico sobre o seu meio, a função da linguagem predominante no poema é a

  • A fática.
  • B emotiva.
  • C poética.
  • D apelativa.
  • E metalinguística.

Nos versos transcritos, todas as palavras em destaque estão sujeitas à mesma regra de acentuação, EXCETO

  • A “Olhos sujos no relógio da torre:”
  • B “Vomitar esse tédio sobre a cidade.”
  • C “Porém meu ódio é o melhor de mim.”
  • D “Ração diária de erro, distribuída em casa.”
  • E “Façam completo silêncio, paralisem os negócios,”

De acordo com a norma-padrão, a ênclise, colocação do pronome após o verbo, é obrigatória somente no seguinte verso:

  • A “Melancolias, mercadorias espreitam-me.”
  • B “O tempo pobre, o poeta pobre / fundem-se no mesmo impasse.”
  • C “Sento-me no chão da capital do país às cinco horas da tarde”
  • D “Do lado das montanhas, nuvens maciças avolumam-se.”
  • E “Pequenos pontos brancos movem-se no mar, galinhas em pânico.”

No artigo 37 da Constituição Federal há um princípio do qual decorrem dois aspectos: o primeiro indica a obrigatoriedade de que a administração pública tenha como norte o interesse público; o segundo determina a abstração da subjetividade.

Esse princípio constitucional, segundo o Manual de Redação da Presidência da República, justifica que a redação oficial deve ter como atributo(s)

  • A a concisão.
  • B a objetividade.
  • C a impessoalidade.
  • D a clareza e a precisão.
  • E a formalidade e a padronização.