Questões de Concursos da Prefeitura Municipal de Jardinópolis

Limpar Busca

Na Psicologia, o estudo da personalidade começou a ser expressivamente estruturado na década de 1930, por meio das proposições de Gordon Allport, sendo que seu livro Personality: a psychological interpretation (Allport, 1937) oficializou o marco inicial do estudo da personalidade na ciência psicológica. Sobre a questão da Personalidade, assinale a alternativa correta:


I - Allport perseguiu dois objetivos aparentemente contraditórios na tentativa de definir e sistematizar o construto no campo da Psicologia. O teórico tentou preservar uma concepção da personalidade como uma essência espiritual única, a qual não pode ser completamente mensurada por métodos científicos, ao mesmo tempo em que adotou uma compreensão behaviorista de traços, em que sistemas de hábitos e medidas seriam componentes básicos da personalidade (Nicholson, 2003).

II- A partir dos estudos de Allport, psicólogos acadêmicos começaram a desenvolver estudos científicos da personalidade, o que culminou no surgimento de distintas abordagens para compreensão do construto, como a dos traços, a humanista e a cognitiva.

  • A A afirmação I é verdadeira e a afirmação II é a complementação da primeira.
  • B As duas afirmações são falsas.
  • C A afirmação I é falsa e a II verdadeira
  • D A afirmação I é verdadeira e a II é falsa

Os Testes Psicológicos são uma fermenta de suma importância no dia a dia dos profissionais de psicologia. Sobre os Testes Psicológicos , assinale a alternativa INCORRETA:

  • A Os testes psicológicos são instrumentos de avaliação ou mensuração de características psicológicas, constituindo-se um método ou uma técnica de uso privativo do psicólogo, em decorrência do que dispõe o § 1° do art. 13 da lei no 4.119/62.
  • B Os testes psicológicos são procedimentos sistemáticos de observação e registro de amostras de comportamentos e respostas de indivíduos com o objetivo de descrever e/ou mensurar características e processos psicológicos, compreendidos tradicionalmente nas áreas emoção/afeto, cognição/inteligência, motivação, personalidade, psicomotricidade, atenção, memória, percepção, dentre outras, nas suas mais diversas formas de expressão, segundo padrões definidos pela construção dos instrumentos.
  • C Segundo Alchieri, Noronha e Primi (2003), os testes psicológicos são “instrumentos objetivos e padronizados de investigação do comportamento, que informam sobre a organização normal dos comportamentos exigidos na execução de testes ou se suas perturbações em condições patológicas”. Assim, percebe-se que o teste dá ao profissional a possibilidade de observar o comportamento de forma padronizada e julgar se os comportamentos que observa durante a execução deste encontram-se, segundo o próprio teste, dentro das condições observadas na população normal pesquisada durante a sua fabricação.
  • D A função do teste não é medir as diferenças entre indivíduos ou entre as reações do mesmo indivíduo em diferentes ocasiões. É importante ressaltar que os testes psicológicos não devem ser entendidos como instrumentos auxiliares nesta coleta de dados que é a Avaliação Psicológica e que, juntamente com as demais informações organizadas pelo psicólogo, pouco auxiliam na compreensão do problema estudado, de forma a facilitar a tomada de decisões.

Sobre a Psicoterapia Breve, assinale a alternativa INCORRETA:

  • A Trata-se de uma técnica que atua em condições muito especiais, determinadas claramente, e, das quais dependerá seu sucesso. Suas variáveis são-lhe próprias e originais, não se traduzindo em um simples encurtamento de tempo do processo psicanalítico, como, erroneamente, muitos desavisados lhe atribuem como única característica. Não há como abordá-la extrapolando, simplesmente os dados de outras técnicas. Constitui-se um campo a ser investigado em sua estrutura dinâmica e particular, própria a suas necessidades e limitações particulares.
  • B A Psicoterapia Breve (PB) não se utiliza da técnica focal, não alcançando o objetivo planejado, dado que privilegia um campo a ser tratado, dentre tantos outros existentes no indivíduo. Não necessita de planejamento acurado, e de atividade por parte do terapeuta.
  • C Ao falar-se de Psicoterapia Breve, fala-se de uma psicoterapia do Ego, dado que este se estabelece como seu local de trabalho, e de investimento terapêutico. Certamente, o Id acaba sendo alcançado, mas não se constitui, como na Psicanálise, seu alvo direto de investigação, dado que sua técnica não se propõe a tal. Entretanto, por ser uma Psicoterapia do Ego não se pode deduzir ser uma psicoterapia superficial, pois as transformações ocorridas são profundas, expressas em substituição de Mecanismos de Defesa inadequados, por outros mais propícios às situações e comportamentos congelados, sem flexibilidade, como se pede de comportamentos saudáveis.
  • D Não tem como proposta, pelo prazo limitado com que trabalha, produzir mudanças na estrutura da personalidade, embora possa produzir intensas modificações dinâmicas.

A personalidade é algo complexo, que começa a ser formado nos primeiros anos de vida e que vai sofrendo alterações com o passar do tempo, fruto da experiência e da convivência. Essas mudanças podem ser positivas e negativas, e algumas delas serem desencadeadas por problemas psicológicos. É importante saber entender as diferenças entre as características e a estrutura de uma personalidade. As primeiras seriam as mais moldáveis, e a última a parte mais difícil de alterar. A psicologia contempla três estruturas de personalidade, quais são elas?

  • A esquizofrenia, psicose e perversão
  • B neurose, psicose e esquizofrenia
  • C neurose, psicose e perversão
  • D neurose, esquizofrenia e perversão

Analise a frase a seguir e responda a questão:

Disponível em: www.pensador.com Acesso: 14/07/2021.

Pesporrência significa:

  • A Atitude de quem se acha superior aos outros.
  • B Violento acesso de fúria.
  • C Pouca disposição para fazer algo.
  • D Que tem dificuldades em se posicionar em determinados assuntos.