Questões de Morfologia (Português) Página 1

Em conformidade com a norma-padrão, as lacunas do texto devem ser preenchidas, respectivamente, com:

  • A Imaginava-se ... a se interessar por ... convencer-nos-ia de que ... às
  • B Se imaginava ... à se interessar em ... convenceria-nos de que ... a
  • C Imaginava-se ... à se interessar sobre ... nos convenceria que ... à
  • D Se imaginava ... a se interessar em ... convencer- -nos-ia que ... as
  • E Imaginava-se ... a se interessar por ... nos convenceria de que ... às

Suponha que uma instituição de renome nacional formulou a seguinte questão hipotética para um concurso interno.


Considerando as ementas indicadas para a Língua Portuguesa do referido certame hipotético, esse tipo de questão contempla especificamente um conteúdo gramatical voltado para a

  • A regência verbal.
  • B concordância verbal.
  • C colocação pronominal.
  • D concordância nominal.

Na oração “continuamente vemos novidades”, a palavra “continuamente” é classificada gramaticalmente como um:

  • A adjetivo.
  • B verbo.
  • C advérbio.
  • D pronome.

Os pronomes pessoais oblíquos átonos, em relação ao verbo, possuem três posições: próclise (antes do verbo), mesóclise (no meio do verbo) e ênclise (depois do verbo).

Avalie as afirmações sobre o emprego dos pronomes oblíquos nos trechos a seguir.

I – A próclise se justifica pela presença da palavra negativa: “E não se contenta em brindar os mares, rios e lagoas com seus próprios dejetos.”

II – A ênclise ocorre por se tratar de oração iniciada por verbo: “Intoxica-os também com garrafas plásticas, pneus, computadores, sofás e até carcaças de automóveis.”

III – A próclise é sempre empregada quando há locução verbal: “Não quero dizer que os micróbios comedores de lixo podem se tornar as salamandras de Čapek.”

IV – O sujeito expresso exige o emprego da ênclise: "O ser humano revelou-se capaz de dividir o átomo, derrotar o câncer e produzir um 'Dom Quixote'".

Está correto apenas o que se afirma em

  • A I e II.
  • B I e III.
  • C II e IV.
  • D III e IV.

A palavra “pé” é constituída de um só elemento. “Pé” é um substantivo simples. O substantivo "pé de moleque" é formado por mais de um elemento e tem um significado próprio. Trata-se de um substantivo composto. Há substantivos compostos separados por hífen e há os que não levam hífen.

Tendo por base o Novo Acordo Ortográfico, qual palavra composta abaixo possui hífen?

  • A Mão de obra.
  • B Sala de jantar.
  • C Fim de semana.
  • D Água de colônia.
    qe