Questões da Prova do Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE-PA) - Agente (2018)

Limpar Busca

Releia o seguinte fragmento, retirado do 1º parágrafo do texto.


“Bem, normalmente evito passar até na porta de um hospital (atravesso sempre para o outro lado da rua, receoso de apagar diante de um bafo mais forte de éter).”.


A ideia presente nesse fragmento entra em contradição com qual dos trechos a seguir?

  • A “[...] e me convidou para ser seu acompanhante na casa de saúde.”
  • B “Talvez pudéssemos chamar outra pessoa para ir com a gente.”
  • C “Você não me conhece... Sou uma fera braba dentro de um hospital.”
  • D “Tenho a impressão de que você está com medo.”
  • E “Fique calmo, bobinho. Deixo minha irmã tomando conta de você.”
No trecho “[...] diante de um bafo mais forte de éter.”, a palavra em destaque significa
  • A alento.
  • B cheiro.
  • C mau hálito.
  • D respiração.
  • E sopro.
Considerando o texto, no trecho “[...] depois de ouvi-la durante três horas [...]”, o pronome em destaque refere-se ao termo
  • A irmã.
  • B coisa.
  • C conversa.
  • D Ana.
  • E situação.

A respeito das personagens principais do texto, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta as corretas.


I. A mulher decide conseguir ajuda para que o marido perca o receio de acompanhá-la.

II. A mulher revela ter pouca paciência com o comportamento do homem.

III. O homem concorda em acompanhar a esposa para que ela possa passar por uma cirurgia.

IV. A mulher era muito ciumenta, por isso queria a companhia do marido.

V. O homem consegue disfarçar o medo que tem de entrar em hospitais.

  • A Apenas I e II.
  • B Apenas I e III.
  • C Apenas II e IV.
  • D Apenas II e V.
  • E Apenas III e V.
Esta questão foi anulada pela banca organizadora.
No excerto “Talvez pudéssemos chamar outra pessoa para ir com a gente.”, a forma verbal em destaque está flexionada
  • A na 1ª pessoa do plural do Pretérito Perfeito do Indicativo, imprimindo uma ideia de ação realizada e concluída.
  • B na 1ª pessoa do plural do Pretérito Imperfeito do Indicativo, imprimindo uma ideia de fato contínuo no passado.
  • C na 1ª pessoa do Pretérito Imperfeito do Subjuntivo, imprimindo uma ideia de desejo a ser realizado.
  • D na 1ª pessoa do Pretérito Mais-que-perfeito do Indicativo, imprimindo uma ideia de fato ocorrido antes de outro.
  • E na 1ª pessoa do plural do Futuro do Subjuntivo, imprimindo uma ideia de possibilidade a ser concretizada.