Questões de Auguste Comte e o positivismo (Sociologia)

Limpar Busca
O trabalho de um sociólogo tem como uma de suas atribuições a análise da sociedade. Para isso, são utilizadas tradições teórias e técnicas metodológicas de investigação. Sobre os fundamentos teórico-metodológicos da sociologia, assinale a alternativa correta.
  • A Augusto Comte, em Curso de Filosofia Positiva, defendia que o homem, em seu estado teológico, teria como principal forma de entendimento do mundo o conhecimento filosófico. No estado teológico, os agentes sobrenaturais são substituídos por forças abstratas capazes de prover explicações sobre os fenômenos observáveis.
  • B O método compreensivo, de acordo com Max Weber, tinha como objetivo explicar que os fenômenos sociais são regidos por leis que independem da vontade dos indivíduos. De acordo com esse método, cada parte do corpo social possui uma função, permitindo a perpetuação dos principais valores morais e do conhecimento da sociedade.
  • C O funcionalismo de Émile Durkheim estabelece que o fundamento lógico da sociedade reside no indivíduo.
  • D A teoria sociológica marxista parte da superestrutra (elementos culturais) para a explicação de fenômenos da infraestrutura (estrutura econômica da sociedade).
  • E Augusto Comte afirma que a harmonia entre as dimensões da ordem e do progresso é a chave para o desenvolvimento da sociedade.

Marque a alternativa que não corresponde a uma característica do positivismo.

  • A O principal idealizador do positivismo foi Augusto Comte (1798-1857).
  • B Os princípios do positivismo se baseavam no pressuposto de que o conhecimento científico devia ser reconhecido como o único conhecimento verdadeiro.
  • C A lei dos três estados consiste nas etapas de evolução do ser humano animismo, metafísico e positivo.
  • D Segundo o positivismo, as superstições, religiões e demais ensinos teológicos devem ser ignorados.
  • E O positivismo influenciou intelectuais brasileiros na I República.
Leia atentamente o texto abaixo.
OS FUNDAMENTOS DO POSITIVISMO
Augusto Comte usa o termo filosofia na acepção geral que lhe davam os antigos filósofos, particularmente Aristóteles, como definição do sistema geral do conhecimento humano; e o termo positivista designa, segundo ele, o real frente ao quimérico, o útil frente ao inútil, o certo frente ao incerto, o preciso frente ao vago, o relativo frente ao absoluto, o orgânico frente ao inorgânico, e o simpático frente à intolerância. Seu método de trabalho é o histórico genético indutivo, ou seja, observação dos fatos, adivinhando-lhes por indução as leis da coexistência e da sucessão, e deduzindo dessas leis, por via da consequência e correlação, fatos novos que escaparam da observação direta, mas que a experiência verificou (RIBEIRO, 2003).
A respeito do positivismo de Augusto Comte, assinale a alternativa incorreta.
  • A O positivismo é, portanto, uma filosofia determinista que professa, de um lado, o experimentalismo sistemático e, de outro, considera anticientífico todo estudo das causas finais
  • B Pela observação e pela experimentação se irá descobrir as soluções permanentes que ligam os fatos, cuja importância é básica na reforma econômica, política e social da sociedade
  • C As fontes mais diretas utilizadas por Augusto Comte para estabelecer as bases de sua filosofia foram as doutrinas sociais de SaintSimon, combinadas com os trabalhos de ideólogos, notadamente de Cabanis e dos naturalistas Gall, Bichat e Broussais
  • D Pode-se dizer que o positivismo é um dogmatismo físico e metafísico. É um dogmatismo físico, pois afirma a objetividade do mundo físico; e é um metafísico, por querer pronunciar-se acerca da existência da natureza dos objetivos metafísicos

O pai da Sociologia, o francês Auguste Comte, defendia a existência da razão e da Ciência como sendo fundamentais para a vida humana e pregava uma atitude voltada para o conhecimento concreto e objetivo da realidade. Comte sustentou um posicionamento científico para o pensamento filosófico, apontando para a necessidade absoluta do uso da Razão como ponto de partida para toda e qualquer área do conhecimento. (O PAI, 2019).
Tendo como base o texto apresentado e os conhecimentos sobre Sociologia, é correto afirmar que a escola defendida por Comte era

  • A Positivista.
  • B Existencialista.
  • C Racionalista.
  • D Cientificista.
  • E Humanista.

O pensamento positivista de Augusto Comte tornou-se fundamental no debate político brasileiro no século XIX, pois o regime republicano foi instalado sob sua base teórica. A doutrina acabou moldando-se ao país, sendo aceita por um grupo reduzido de estudiosos, entretanto se a valorização da educação na Europa era destinada aos pobres, no Brasil a classe beneficiada foi a elite.
Dentre as numerosas influências do positivismo no Brasil, pode se destacar

  • A o lema Ordem e Progresso da Bandeira.
  • B o fortalecimento da Igreja e do Estado.
  • C o estabelecimento de estatização das empresas.
  • D a valorização do casamento religioso.
  • E a criação de medidas anticlericais.