Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Cariacica - Contador (Instituto AOCP - 2020)

Limpar Busca
Sobre o texto I, é correto afirmar que
  • A se trata de um cartum em que o autor emprega linguagem verbal e não verbal e faz uso de expressões em sentido exclusivamente denotativo.
  • B considerando os elementos verbais e não verbais do texto, é possível afirmar que o autor faz um jogo entre o sentido literal e o figurado da expressão “Caí em Fake News!”.
  • C as frases “Quebrou a cara” e “Caí em Fake News” apresentam o mesmo sujeito oculto, que se encontra na primeira pessoa do singular.
  • D os verbos “Quebrou” e “Caí” foram empregados no tempo pretérito imperfeito do modo indicativo.
O texto II pode ser considerado pertencente ao gênero.
  • A notícia, por ter o objetivo principal de informar o leitor sobre o tema em questão.
  • B editorial, uma vez que traz o posicionamento do jornal, no qual o texto foi publicado, acerca da temática “Fake News”.
  • C artigo de opinião, pois o autor tem a finalidade de dissertar sobre as “Fake News”, expondo seu ponto de vista a respeito de tal tema.
  • D crônica argumentativa, visto que trata de um assunto, atualmente, cotidiano e argumenta a respeito, trazendo a posição do autor sobre “fake News”.

Sobre os textos I e II, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta as corretas.


I. Em I, na sentença “Caí em fake news”, há uma elipse, devido à ocultação do sujeito.

II. Ainda em “Caí em fake News”, há também uma metonímia, por propor a comparação entre a situação de alguém que acredita e/ou divulga notícias falsas com a de pessoas que sofrem quedas físicas no sentido genuíno do termo.

III. No texto II, Danillo Saes deixa claro que, para ele, quem produz “fake news” é quem tem maior parcela de responsabilidade pelos efeitos negativos que tais notícias proporcionam, já que, se elas não existissem, não haveria, portanto, repasse de informações falsas.

IV. No texto II, o autor ressalta a importância de se analisar criticamente uma notícia antes de compartilhá-la, além de destacar que não devemos acreditar em tudo que lemos, sobretudo, em se tratando de notícias que causam comoção.

  • A Apenas I e II.
  • B Apenas III e IV.
  • C Apenas II e III.
  • D Apenas I e IV.
Em se tratando de processos de formação de palavras, com frequência, substantivos se formam a partir de verbos, com a introdução de sufixos. Isso acontece, por exemplo, com as palavras do texto: “comunicação”, que vem de comunicar e “comportamento”, que vem de comportar-se. No entanto, em relação ao substantivo “influência”, que vem do verbo “influenciar”, o processo é diferente. Assinale a alternativa que apresenta um substantivo em destaque cuja formação seja semelhante à de “influência”.
  • A “(...) é possível presenciar diversas mudanças, (...)”.
  • B “São provocações, indagações, não afirmações.”.
  • C “É incrível e, ao mesmo tempo, muito preocupante.”.
  • D “(...) exige esforço de pensamento e queima de fosfato.”.
Assinale a alternativa cujo uso do acento indicativo de crase seja facultativo.
  • A “(...) ligada à velocidade, à digitalização e, consequentemente, à exposição em redes.”.
  • B “(...) ligada à velocidade, à digitalização e, consequentemente, à exposição em redes.”.
  • C “(...) o espírito crítico necessário unido à sua responsabilidade (...)”.
  • D “(...) damos nosso aval àquela informação.”.