Questões da Prova do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IF-PA) - Analista de Gestão de Pessoas (2019)

Limpar Busca

É CORRETO afirmar que o autor do texto, em relação ao tema apresentado, objetiva provocar no leitor:

  • A um alheamento sobre a importância do utilitarismo nas decisões judiciais.
  • B uma valorização da opinião pública em relação ao judiciário e suas deliberações.
  • C uma observação sobre a judicialização de decisões políticas baseadas na ética utilitária.
  • D uma crítica explícita ao código penal e à influência do utilitarismo nas decisões judiciais.
  • E um engajamento da sociedade em relação às medidas que afetam a comunidade como um todo.

Leia o período a seguir e assinale a única alternativa CORRETA.


"Apesar das decisões judiciais não serem pautadas, obviamente, pelas vontades do povo, profissionais que interpretam as leis não podem estimular aproximações demasiadas entre “as ruas” e os juízes, como termômetro a medir algum “choque térmico” entre a conclusão dos processos e os anseios sociais amparados pelas paixões e ódios. (7º parágrafo, com adaptações)


De acordo com as informações do período acima, no contexto em que ocorrem, é correto afirmar que:

  • A o autor defende a tese de que a comoção social é determinante para as decisões judiciais no Brasil contemporâneo.
  • B ao se referir às ruas e aos juízes, o autor chama atenção para a necessidade de o Poder Judiciário se aproximar das camadas mais pobres da sociedade.
  • C o autor afirma que as decisões judiciais devem buscar isenção, ao evitar a influência da opinião pública.
  • D ao fazer uso de palavras como "paixões" e "ódios", o autor defende a humanização do judiciário.
  • E a expressão "choque térmico" foi utilizada denotativamente pelo autor para referir-se aos conflitos entre opinião pública e ordenamento jurídico.

"Judicialização é um fenômeno mundial por meio do qual importantes questões políticas, sociais e morais são resolvidas pelo Poder Judiciário ao invés de serem solucionadas pelo poder competente, seja este o Executivo ou o Legislativo.”( Sâmea Luz Mansur)


Ao refletir sobre a situação política do país e sua judicialização, o autor fundamenta-se nos princípios do utilitarismo. Essa teoria social:

  • A consiste na ideia de que uma ação só pode ser considerada moralmente correta se as suas consequências promoverem o bem-estar coletivo.
  • B baseia-se no alinhamento entre o moralmente aceitável, o clamor popular e o cumprimento da lei.
  • C defende a ideia de que "o certo a ser feito" depende de decisão colegiada dos três poderes.
  • D não leva em consideração o previsto em lei nem características sociais, econômicas, profissionais, familiares, e pessoais de cada um.
  • E considera os Direitos Humanos uma entidade representativa que discute políticas de apoio a assassinos, estupradores e ladrões.

Assinale a alternativa CORRETA quanto aos recursos linguísticos empregados no texto.

  • A No período, “Apesar do HC ser um quesito legal, o desejo de prisão parecia ser maior que a virtude da lei.”. (6º parágrafo), o sujeito da primeira oração está preposicionado, de acordo com a norma culta da língua portuguesa.
  • B No período, “Apesar do HC ser um quesito legal, o desejo de prisão parecia ser maior que a virtude da lei.”. (6º parágrafo), a primeira oração estabelece uma relação de concessão em relação à segunda.
  • C Em “Apesar do HC ser um quesito legal, o desejo de prisão parecia ser maior que a virtude da lei.” (6º parágrafo), o elemento coesivo que inicia o período, pode ser substituído pela conjunção “consoante”, sem prejuízo quanto ao sentido e à correção gramatical.
  • D No excerto “Como não informam seu paradeiro, os policiais passam a torturar seus pais, irmãos, e outros parentes a fim de obterem respostas ou pistas para sua descoberta.”(5º parágrafo), o termo em negrito está incorretamente grafado, a forma culta é “ afim”
  • E A alternância de verbos na terceira pessoa do singular e primeira do plural denota um afastamento entre emissor e receptor.

Com base nos aspectos gramaticais e estilísticos presentes no período “Curioso que muitos dos críticos se referem aos Direitos Humanos como se fosse uma ONG, uma entidade representativa, com CNPJ, sede, funcionários (“o pessoal”) que se reúnem frequentemente em torno de uma grande mesa e passam a discutir políticas de apoio a assassinos, estupradores, e ladrões – uma espécie de “Greenpeace” voltado para meliantes”, julgue os itens abaixo:


I. A flexão das formas verbais "reúnem" e "passam" no plural, usadas como recursos de estilo, classificam-se como silepse de número.

II. A forma verbal "reúnem", mesmo depois do novo acordo ortográfico, continua recebendo acento agudo de acordo com a regra dos hiatos.

III. Em "(...) políticas de apoio a assassinos, estupradores, e ladrões (...)", o termo grifado, morfologicamente, classifica-se como preposição.


Está correto o que se afirma no (nos) item (itens):

  • A I, apenas.
  • B II, apenas.
  • C I e III apenas
  • D II e III apenas.
  • E I, II e III.