Questões de Medicina

Limpar Busca

Em relação à escolha da melhor PEEP para um paciente com Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA) que está em ventilação mecânica invasiva, assinale a alternativa correta.

  • A Escolha individual da PEEP através do cálculo da melhor complacência (curva PxV decremental) melhora o prognóstico dos pacientes.
  • B A estratégia mais comum utilizada é o uso da régua FiO2/PEEP, preferindo-se a régua de altos PEEPs para pacientes com SDRA moderada-grave e a régua de baixos PEEPs para pacientes com SDRA leve. Alguns autores até sugerem que esta é a forma mais fisiológica de ajuste da PEEP, pois ela parece respeitar a capacidade de recrutabilidade pulmonar individual.
  • C Escolha individual da PEEP através do cálculo da melhor pressão de distensão (“driving pressure”) melhora o prognóstico dos pacientes.
  • D Escolha individual da PEEP através do uso do balão esofágico e ajuste conforme a pressão transpulmonar melhora o prognóstico dos pacientes.
  • E Escolha individual da PEEP pela tomografia de impedância gera benefícios clínicos quando comparados ao cálculo da melhor complacência pela curva PxV decremental.

Assinale a alternativa INCORRETA em relação à posição PRONA no manejo da SDRA.

  • A A única contraindicação absoluta à realização da manobra (colocação do paciente em posição prona) é a fratura instável da coluna cervical.
  • B Quando a posição prona é associada com redução da PaCO2 para uma mesma ventilação minuto, os resultados clínicos parecem mais favoráveis.
  • C Na posição prona comparada à posição supina, há menos hiperdistensão em regiões pulmonares não dependentes e menos abertura cíclica e fechamento do espaço aéreo em regiões dependentes, as causas primárias de lesão pulmonar induzida por ventilador.
  • D Os critérios usuais para interromper a posição prona são: (1) deterioração da relação PaO2 / FiO2 em mais de 20% em relação à posição supina ou (2) ocorrência de uma complicação com risco de vida durante a posição prona.
  • E Melhorias da oxigenação alcançadas com a posição prona parecem predizer benefício de sobrevida aos pacientes.

Qual dos modos ventilatórios abaixo NÃO deve ser utilizado em um paciente sedado profundamente e bloqueado (bloqueio neuromuscular)?

  • A NAVA.
  • B ASV.
  • C APRV.
  • D PCV.
  • E Nenhum dos módulos ventilatórios descritos deve ser utilizado.

Analise os descritores abaixo:
A. Baixa pressão de distensão alveolar. B. Baixo volume corrente. C. Posição prona. D. Uso de esteroides.
Quanto à evidência clínica, qual das alternativas abaixo traduz, da maior para a menor, a evidência clínica de benefício para os pacientes com SDRA e dependentes de suporte ventilatório invasivo?

  • A B – C – A – D.
  • B B – A – C – D.
  • C C – B – D – A.
  • D C – B – A – D.
  • E C – A – D – B.

Relacione a Coluna 1 à Coluna 2, associando o tipo de assincronia ventilatória com as formas de corrigi-las pelo ajuste do ventilador mecânico.
Coluna 1 1. Fluxo insuficiente. 2. Ciclagem prematura. 3. Disparo ineficaz. 4. Duplo disparo.
Coluna 2 ( ) Ajustar/corrigir problemas da sensibilidade (sensibilidade a fluxo é mais sensível que a pressão). Reduzir tempo inspiratório por ajustes em cada modo (VCV, PCV e PSV). ( ) Em VCV, aumentar o fluxo inspiratório ou mudar para modos PCV ou PSV (fluxo livre). ( ) Em PCV, aumentar o tempo inspiratório. Em VCV, diminuir o fluxo inspiratório e/ou aumentar o volume corrente. ( ) Aumentar o tempo inspiratório (VCV ou PCV). Reduzir o limiar de percentual de fluxo para ciclagem (PSV).
A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • A 1 – 2 – 3 – 4.
  • B 2 – 1 – 4 – 3.
  • C 4 – 3 – 1 – 2.
  • D 3 – 1 – 2 – 4.
  • E 2 – 1 – 3 – 4.