Questões de Doenças Infecto-Parasitárias (Medicina)

Limpar Busca

A malária é transmitida por:

  • A Moscas
  • B Carrapatos
  • C Mosquitos Anopheles
  • D Ácaros

Em pacientes imunocomprometidos, infecções oportunistas fúngicas são passíveis de acontecer, principalmente, em consequência de pneumocistoses, paracoccidioidomicoses e aspergiloses. Considerando as características desses tipos de infecções, é correto afirmar que:

  • A broncoceles centrais e atelectasias são característicos da aspergilose semi-invasiva
  • B sinal do crescente é característico da fase aguda da aspergilose angioinvasiva
  • C cistos pulmonares são menos comuns na pneumocistose no paciente não HIV
  • D cavidades são raramente encontradas na paracoccidioidomicose

Paciente do sexo masculino, 65 anos, procura atendimento na emergência com relato de inicio do quadro há quatro dias com febre alta, artralgia, mialgia, cefaleia e exantema. Há um dia sem febre. Nega comorbidades e uso regular de medicações. Ao exame apresenta-se lúcido, orientado no tempo e no espaço, afebril, eupneico. FC 80bpm; PA 130x80mmHg; ausculta cardíaca e pulmonar sem alterações, abdômen atípico, flácido, indolor e sem visceromegalias.

A conduta adequada para esse paciente é

  • A acompanhamento ambulatorial
  • B observação em leito até resultado dos exames e reavaliação clínica.
  • C manter em leito de hidratação/internação por 24 horas
  • D manter em leito de hidratação/internação por 48 horas
  • E internação em leito de UTI
A infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) determina elevado risco de desenvolvimento e morte por doenças infectocontagiosas. De acordo com o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Manejo da Infecção pelo HIV em Adultos do Ministério da Saúde, a principal causa conhecida de óbito por doenças infecciosas nas pessoas vivendo com HIV é:
  • A Tuberculose.
  • B Toxoplasmose.
  • C Pneumocistose.
  • D Pneumonia bacteriana.
Considerando a principal hipótese diagnóstica para o caso e, ainda, de acordo com as orientações do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Atenção Integral às Pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis, são considerados critérios para indicação de tratamento hospitalar dessa condição, EXCETO:
  • A Gravidez.
  • B Diabetes mellitus.
  • C Abscesso tubo-ovariano.
  • D Dificuldade na exclusão de emergência cirúrgica.