Questões da Prova do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba - Técnico - Área Administrativa (2015)

Limpar Busca

O texto,

  • A ao se referir ao livro de Ron Lieber, destaca a possibilidade de adequar as crianças ao contexto de consumo deliberado que marca sua realidade, conferindo-lhes mais independência e senso de oportunidade nas compras.
  • B com a referência ao particípio passado "mimados" (3o parágrafo), atribui parte da responsabilidade pelo problema em questão às crianças, uma vez que infundem em seus pais um sentimento de culpa e insatisfação.
  • C ao aludir à intransitividade do verbo "comprar" (2o parágrafo), que é usualmente transitivo, chama atenção do leitor para o aspecto consumista, em que o objeto a ser comprado é secundário em relação ao próprio ato de comprar.
  • D ao mencionar Rio de Janeiro e Estados Unidos, estabelece dois parâmetros éticos em relação ao consumo: o primeiro, caracterizado por um mercado turístico; o segundo, por uma realidade doméstica e cotidiana.
  • E com o fracasso dos pais em tentar agradar seus filhos, estabelece parâmetros financeiros para as famílias, cujas necessidades são cada vez menos atendidas pelos bens de consumo disponíveis.
Atente para as seguintes afirmações.

I. Na primeira frase do texto, as formas verbais “poder gastar" e “gastaram" têm o mesmo sujeito.

II. No segmento É possível que nada lhe faltasse no momento... (2º parágrafo), caso se substitua "nada" por "poucas coisas", o verbo "faltasse" deverá obrigatoriamente ser flexionado no plural.

III. Em Não acredito em dia da criança em maiúsculas (1º parágrafo), não se pode acrescentar uma vírgula imediatamente após “acredito", uma vez que "em dia da criança" é uma locução adverbial.

Está correto o que se afirma APENAS em:
  • A I e II.
  • B III.
  • C II e III.
  • D II.
  • E I e III.
Ao distender-se a oração reduzida presente no segmento Num distante longo feriado, visitando uma família querida na costa oeste americana, me surpreendi... (2º parágrafo), de acordo com o contexto, deve-se acrescentar a seguinte conjunção:
  • A porque.
  • B na medida em que.
  • C conquanto.
  • D quando.
  • E ainda que.
O segmento que pode ser transposto para a voz passiva encontra-se em:
  • A Qual é o plano para amanhã?
  • B ... crianças, que não compreendem a comercialização do afeto...
  • C Crescendo no Rio de Janeiro...
  • D Não há celebração da infância...
  • E ...que precisava de um casaco de inverno ou um livro para a escola.

... nada há de errado em aquecer a atividade econômica. (1º parágrafo)

... que não compreendem a comercialização do afeto... (1º parágrafo)

... uma falha em demonstrar dedicação aos filhos. (1º parágrafo)

Na ordem dada, os complementos verbais sublinhados acima são corretamente substituídos por pronomes em:

  • A aquecê-la − compreendem-no − demonstrar-lo
  • B aquecer-lhe − compreendem-na − demonstrar-lhes
  • C aquecer-la − o compreendem − demonstrar-lo
  • D aquecer-lhe − compreender-lhe − demonstrá-los
  • E aquecê-la − a compreendem − demonstrar-lhes