Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Santo Augusto - Professor - Inglês (2020)

Limpar Busca

Considere os seguintes sinônimos apresentados ao lado das palavras extraídas do texto, verificando se podem substituí-las sem prejudicar o contexto em que ocorrem:
I. desmedida (l. 14) – incomensurável.

II. descaso (l. 25) – desconsideração.

III. provações (l. 32) – técnicas.
Quais estão corretos?

  • A Apenas I.
  • B Apenas II.
  • C Apenas III.
  • D Apenas I e II.
  • E Apenas II e III.

Sobre a grafia de termos retirados no texto, assinale V, se verdadeiras, e F, se falsas.
( ) “diluido” (l. 03) está grafado corretamente.

( ) “autoimunes” (l. 22) está grafado corretamente.

( ) “psicossomatização” (l. 24) está grafado incorretamente, pois o correto é escrever “psicosomatização”.

( ) “sinalisadores” (l. 34) está grafado incorretamente, pois o correto é escrever “sinalizadores”.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • A V – F – V – V.
  • B F – V – V – F.
  • C V – F – F – V.
  • D V – V – F – F.
  • E F – V – F – V.

Do excerto “Sem uma causa exterior clara, como, por exemplo, um vírus ou bactéria”, as duas últimas vírgulas foram utilizadas para separar:

  • A Uma oração justaposta assindética.
  • B Um aposto.
  • C Uma expressão explicativa.
  • D Um adjunto adverbial.
  • E Um vocativo.

Da oração “É interessante esse raciocínio” (l. 23-24), o conteúdo sublinhado é seu:

  • A Sujeito.
  • B Adjunto adnominal.
  • C Objeto direto.
  • D Complemento nominal.
  • E Predicativo do objeto.

Com base no que é estritamente exposto pelo texto, é correto afirmar que:

  • A Por estar mais presente nos primeiros anos de vida, a raiva é estudada como um dos sentimentos primários do ser humano.
  • B Quando o indivíduo se depara com situações de injustiça e de humilhação, é bastante comum que fique inseguro a ponto de não manifestar a raiva sentida em seu interior.
  • C O maior órgão do corpo humano representa o nível de formação identitária mais forjado coletivamente, de modo especial no que se refere à religião e à mitologia.
  • D A vida pecaminosa redunda em doenças como forma de recompensa e reconciliação com a entidade divina, ao contrário do que muitas pessoas pensam.
  • E A chave de ouro para que o indivíduo diga “parou!” se dá pelo autoconhecimento, de modo que alimente desconfiança quanto ao seu desenvolvimento moral e psicológico.