Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Linhares - Professor - Artes e Educação Artística (IBADE - 2020)

Limpar Busca

Na oração “A mim, contaram-me o seguinte” (1º §), a repetição do pronome de 1ª pessoa do singular constitui:

  • A um descuido de estilo do autor, gramaticalmente incorreto.
  • B um recurso discursivo para chamar a atenção do leitor para a história a ser narrada.
  • C um expediente literário para dar início a uma narrativa.
  • D uma redundância enfática comum a textos literários.
  • E um pleonasmo estilisticamente indispensável.

No fragmento “a Lua estava não só muito pálida, como envolta num permanente halo de tristeza” (2º §), as duas orações foram estruturadas pelo processo de:

  • A correlação, em sentido aditivo.
  • B subordinação, em sentido temporal.
  • C coordenação, em sentido alternativo.
  • D correlação, em sentido adversativo.
  • E coordenação, em sentido conformativo.

No período “O que me contaram não foi nada disso” (1º §), sobre o emprego do pronome demonstrativo “isso”, do ponto de vista discursivo, quanto à coesão textual, está correto afirmar que se trata de um referente:

  • A catafórico, que remete ao que está narrado em seguida no texto.
  • B anafórico, que tem como antecedente o constituinte “O que me contaram”.
  • C esvaziado de sua função coesiva, pois não remete nem a termo anafórico nem a catafórico.
  • D catafórico, que tem como antecedente o título do texto “O casamento da Lua”.
  • E anafórico, mas de termo antecedente hipotético: o não narrado, recurso discursivo para introduzir o texto.

“E contaram-me ainda que não era incomum vê-los, peripatéticos, a conversar em voz baixa enquanto balançavam gravemente a cabeça.” (1º §)


O período acima foi reescrito nas opções abaixo. Das circo formas reescritas, aquela que pode ser considerada uma paráfrase, pois foi mantido o sentido original é:

  • A E disseram-me também que frequentemente eram vistos fofocando, abobalhados, quando balançavam a cabeça preocupados.
  • B E foi-me falado da mesma forma que não era comum encontrá-los, em círculos, a dialogar baixinho, ocasião em que mostravam preocupação ao balançar a testa.
  • C E, além disso, me foi dito que muitas vezes eram encontrados a murmurar, nervosos, e a sacudir o crânio preocupados.
  • D E, paralelamente, ainda me disseram não ser fora de propósito percebê-los, meio confusos, a sussurrar, ao mesmo tempo em que meneavam estranhamente a cabeça.
  • E E foi-me narrado também que era costume observá-los, em gesticulação exagerada, cochichando e meneando com gravidade o crânio.

O sinal de pontuação dois pontos empregado no fragmento “que não havia como duvidar: a Lua estava pura e simplesmente apaixonada” (2º §) exprime um(a):

  • A citação.
  • B enumeração.
  • C esclarecimento.
  • D descrição.
  • E fala em discurso direto.