Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Jaguaribe - Professor - Língua Portuguesa (2020)

Limpar Busca

Com base no TEXTO I, do professor e filósofo Mário Sérgio Cortella, analise as afirmativas a seguir:
I. Quando nos sentimos confortáveis com a maneira como as coisas já estão, temos mais disposição para exercer o nosso lado altruísta e empático, imobilizando-se na acomodação. II. Quando tudo está perfeito em nossas vidas e a satisfação chega ao seu auge, não há espaço para o prosseguimento, para a persistência, para o desdobramento. III. A insatisfação deveria ser considerada algo positivo, já que nos instiga a fazer melhor, a ter novas ideias, a modificar aquilo que não estava bom. IV. Quanto mais velha a pessoa fica, mais experiência e conhecimento ela adquire, e menos mudanças e novidades ela aceita.
É correto o que se afirma

  • A apenas em I e IV.
  • B apenas em II e III.
  • C apenas em I e II.
  • D apenas em III e IV.

O texto de Mário Sérgio Cortella é classificado, de acordo com suas características linguísticas, estruturais e textuais, como sendo

  • A um manifesto.
  • B uma carta aberta.
  • C uma resenha crítica.
  • D um artigo de opinião.

No período “Somos seres de insatisfação e precisamos ter nisso alguma dose de ambição; todavia, ambição é diferente de ganância...”, as conjunções destacadas estabelecem, respectivamente, entre as orações, as ideias de

  • A adição e explicação.
  • B causa e consequência.
  • C adição e contrariedade.
  • D conclusão e contrariedade.

Na oração “Diante dessa realidade, é absurdo acreditar na ideia de que uma pessoa...”, a vírgula foi empregada corretamente, pois está separando

  • A um adjunto adverbial antecipado ou intercalado entre o discurso.
  • B elementos que exercem a mesma função sintática no período.
  • C oração subordinada adverbial anteposta à oração principal.
  • D a oração principal da oração adjetiva explicativa.

Com a vida de cada um e de cada uma também tem de ser assim¹; (...) afinal de contas, não nascemos prontos e acabados²...”. Entre a primeira e a segunda oração, pode-se inserir uma conjunção para deixar mais clara a ideia que essas orações mantêm entre si. Ciente disso, assinale a alternativa que apresenta a conjunção que consegue manter a intenção comunicativa de Cortella nesse trecho.

  • A “Com a vida de cada um e de cada uma também tem de ser assim, mesmo que, afinal de contas, não nascemos prontos e acabados...”.
  • B “Com a vida de cada um e de cada uma também tem de ser assim, já que, afinal de contas, não nascemos prontos e acabados...”.
  • C “Com a vida de cada um e de cada uma também tem de ser assim, mas, afinal de contas, não nascemos prontos e acabados...”.
  • D “Com a vida de cada um e de cada uma também tem de ser assim, logo, afinal de contas, não nascemos prontos e acabados...”.