Questões da Prova da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP) - Auxiliar de Papiloscopista Policial (2018)

Limpar Busca

A resposta do garoto, no último quadrinho, indica que, para ele, o questionamento do tigre

  • A leva-o a se perguntar se o tigre compreendeu o teor da mensagem do comercial.
  • B fortalece sua impressão inicial sobre a mensagem do comercial de televisão.
  • C convence-o de que o personagem do comercial não soube transmitir a mensagem.
  • D põe em dúvida a existência do produto anunciado no comercial de televisão.
  • E atenua a impressão que a mensagem transmitida no comercial lhe causara.

Considere a charge, de autoria de Arionauro.

Assinale a alternativa que apresenta um título que sintetize a mensagem da charge.

  • A O uso exagerado do celular.
  • B O anonimato nas redes sociais.
  • C A especificidade da linguagem da TV.
  • D A evolução da internet.
  • E A tecnologia familiar.

Expressam ideias opostas, no contexto da tira:

  • A compra esse produto / como forma de afirmar sua independência.
  • B um cara legal / ninguém diz para ele o que fazer.
  • C expressar sua individualidade / comprando todas o mesmo produto.
  • D vendem uma atitude / olha só esse.
  • E do jeito como ele falou / parecia bem mais subversivo.

A partir da leitura da notícia, pode-se concluir que

  • A o pouco sucesso da Marvel na China se explica pela faltade protagonistas chineses
  • B a parceria entre a Marvel e a chinesa NetEase se deu por razões mercadológicas.
  • C os chineses eram descritos de maneira caricatural e preconceituosa nas HQs da Marvel.
  • D a Marvel vai deixar de apresentar os chineses como vilões para passar a representá-los como heróis.
  • E o objetivo da parceria entre a Marvel e a NetEase é divulgar a cultura chinesa no Ocidente.

A reescrita de “... ninguém diz para ele o que fazer.” e “... as pessoas devem expressar sua individualidade...”, com as expressões destacadas substituídas por pronomes, em conformidade com a norma-padrão da língua, resulta, respectivamente, em:

  • A ninguém o diz o que fazer / as pessoas devem-na expressar.
  • B ninguém diz-lhe o que fazer / as pessoas devem expressá-la.
  • C ninguém lhe diz o que fazer / as pessoas devem expressar-lhe.
  • D ninguém lhe diz o que fazer / as pessoas devem expressá-la.
  • E ninguém diz-lhe o que fazer / as pessoas devem a expressar.