Questões de Tipos e Modos de Interpretação - simultânea, consecutiva e sussurrada (Libras)

Limpar Busca

Habilidade processual (habilidade de compreender a mensagem e construir a mensagem na língua alvo), organização processual (monitoramento do tempo, estoque da mensagem em partes, busca de esclarecimento), competência linguística e cultural, conhecimento (experiência e formação profissional), preparação, ambiente (físico e psicológico), filtros (hábitos do intérprete, crenças, personalidade e influências) (GESSER, s/d, p. 28) são aspectos do modelo

  • A do processo da interpretação.
  • B da tradução baseada no sociolínguismo.
  • C bilingue e biculturalista.
  • D estruturalista.
  • E processual.

De acordo com Quadros (2004, p. 76-77), na obra “O tradutor e intérprete de Língua Brasileira de Sinais e Língua Portuguesa”, o aspecto fundamental do processo de tradução e interpretação no modelo sociolinguístico baseia-se nas interações entre os participantes. As categorias que atendem a esse modelo são

  • A recepção da mensagem (o intérprete absorve a informação do falante), processamento preliminar (reconhecimento inicial do sinal) e levantamento de palavras imagético-cultural.
  • B formulação sintática da mensagem (seleção da forma apropriada) e levantamento de palavras imagéticas
  • C identificação da mensagem (léxico), levantamento de sinais relacionados à cultura do sujeito e respeito à língua portuguesa do emissor.
  • D reconhecimento da intenção semântica (o intérprete adianta a intenção do falante), determinação da equivalência semântica (encontrar a tradução apropriada na língua) e formulação sintática da mensagem (seleção da forma apropriada).
  • E respeito à língua portuguesa do emissor, e reconhecimento da intenção semântica (o intérprete adianta a intenção do falante).

Habilidade processual (habilidade de compreender a mensagem e construir a mensagem na língua alvo), organização processual (monitoramento do tempo, estoque da mensagem em partes, busca de esclarecimento), competência linguística e cultural, conhecimento (experiência e formação profissional), preparação, ambiente (físico e psicológico), filtros (hábitos do intérprete, crenças, personalidade e influências) (GESSER, s/d, p. 28) são aspectos do modelo

  • A do processo da interpretação.
  • B da tradução baseada no sociolínguismo.
  • C bilingue e biculturalista.
  • D estruturalista.
  • E processual.
(CONCURSO CRATO/2021) Quando o tradutor e intérprete de Libras, ao atuar, ao mesmo tempo que recebe uma frase ou pensamento na língua fonte (Língua Portuguesa Oral) para passar para a língua alvo (Libras), o profissional está realizando uma interpretação:
  • A consecutiva.
  • B simultânea.
  • C inversa.
  • D literal.
  • E progressiva.

“A mensagem é codificada para a transmissão. O código pode ser o português, a língua de sinais ou qualquer outra forma de comunicação. A mensagem é transmitida através de um CANAL e quando é recebida é CODIFICADA. Qualquer coisa que interfira na transmissão é considerada RUÍDO. O intérprete não assume qualquer responsabilidade pela interação ou dinâmica de comunicação, assumindo uma posição de mero transmissor”. (O tradutor e intérprete de língua brasileira de sinais e língua portuguesa. Brasília, 2004).


O texto faz referência ao modelo de tradução e interpretação:

  • A Cognitivo.
  • B Interativo.
  • C Comunicativo.
  • D Sociolinguístico.
  • E Modelo Bilíngue e Bicultural.