Questões de Psicoterapias (Psicologia)

Limpar Busca

A psicologia humanista, a metodologia não-diretiva e, enfim, as terapias "alternativas" aparecem para muitos como uma resposta. (Coimbra, 1995b, p. 264) Com isso, a psicologia humanista proposta por _______ pode segundo Campos ( 2005) ser perfeitamente entendida como uma aliada nas lutas contra a desumanização, as opressões, as injustiças; como uma das possíveis formas de resistência aos abusos do regime. Assinale a alternativa correspondente ao autor desta proposta:

  • A Carl Jung
  • B Jean Piajet
  • C Carl Rogers
  • D Sigmund Freud

Sobre a Psicoterapia Breve, assinale a alternativa INCORRETA:

  • A Trata-se de uma técnica que atua em condições muito especiais, determinadas claramente, e, das quais dependerá seu sucesso. Suas variáveis são-lhe próprias e originais, não se traduzindo em um simples encurtamento de tempo do processo psicanalítico, como, erroneamente, muitos desavisados lhe atribuem como única característica. Não há como abordá-la extrapolando, simplesmente os dados de outras técnicas. Constitui-se um campo a ser investigado em sua estrutura dinâmica e particular, própria a suas necessidades e limitações particulares.
  • B A Psicoterapia Breve (PB) não se utiliza da técnica focal, não alcançando o objetivo planejado, dado que privilegia um campo a ser tratado, dentre tantos outros existentes no indivíduo. Não necessita de planejamento acurado, e de atividade por parte do terapeuta.
  • C Ao falar-se de Psicoterapia Breve, fala-se de uma psicoterapia do Ego, dado que este se estabelece como seu local de trabalho, e de investimento terapêutico. Certamente, o Id acaba sendo alcançado, mas não se constitui, como na Psicanálise, seu alvo direto de investigação, dado que sua técnica não se propõe a tal. Entretanto, por ser uma Psicoterapia do Ego não se pode deduzir ser uma psicoterapia superficial, pois as transformações ocorridas são profundas, expressas em substituição de Mecanismos de Defesa inadequados, por outros mais propícios às situações e comportamentos congelados, sem flexibilidade, como se pede de comportamentos saudáveis.
  • D Não tem como proposta, pelo prazo limitado com que trabalha, produzir mudanças na estrutura da personalidade, embora possa produzir intensas modificações dinâmicas.
Estão entre as técnicas da Psicologia Comportamental, EXCETO:
  • A Agendamento de atividades.
  • B Avaliações de prazer e realidade.
  • C Prescrições comportamentais de tarefas graduais.
  • D Treinamento de habilidades sociais.
  • E Introspecção.
Relacione as colunas de acordo com o significado dos termos correntes em psicoterapias e assinale a alternativa que demonstra sequência correta.
COLUNA I. A- Modalidades Psicoterápicas. B- Psicanálise e Teorias afins. C- Teoria Behaviorista. D- Teoria Cognitivo-Comportamental. E- Teoria da Gestalt. F- Teorias da Personalidade.
COLUNA II. ( ) As definições e concepções da Psicologia, de acordo com os autores comportamentalistas, incluem também os conceitos referentes à pesquisa e clínica, sob essa abordagem. ( ) Definições e concepções associadas a Gestalt e de que maneira estas podem ser empregadas nas diversas modalidades terapêuticas. ( ) As diferentes formas em que a atividade clínica pode ser exercida, inclui aqui, terapia grupal, terapia breve e individual. ( ) Definições da teoria que integra o modelo cognitivo e comportamental em suas técnicas e estratégias de atuação terapêutica. ( ) As diversas teorias que estão voltadas a descrever de que maneira as diferenças individuais se manifestam de acordo com diferentes abordagens e modelos explicativos. ( ) As teorias e o fazer clínico oriundos dos estudos de diversos autores, tanto psicanalistas quanto aqueles que se originaram a partir dessa abordagem.
  • A A – B – C – D – E – F.
  • B B – C – A – D – F – E.
  • C C – A – B – D – F – E.
  • D C – E – A – D – F – B.

A terapia de grupo é um modelo psicoterápico introduzido nos anos 40 e que, desde então, passou por diversas adaptações para o uso na prática clínica. Novas teorias psicológicas, conceitos e cenários clínicos foram adaptados no trabalho com os grupos, de modo que atualmente diversas abordagens compõem o quadro dessa modalidade. Em termos conceituais entendemos a psicoterapia de grupo como uma modalidade psicoterápica com foco nas interações interpessoais para a mudança de padrões mal adaptativos. Ou seja, um dos seus pressupostos básicos (que inclusive a diferencia do atendimento individual) é apostar na “força” que a interação grupal tem para produzir mudanças de caráter interpessoal significativas. As propostas de trabalho são diversificadas, de modo que a composição dos grupos pode envolver o trabalho com algum transtorno mental (transtorno do pânico, depressão), questões relativas à saúde física (diabetes, HIV/AIDS, obesidade), modalidades que envolvem grupos rápidos e de grande rotatividade para pacientes hospitalizados, grupos abertos, grupos psicoeducacionais etc. Sobre os 11 fatores de mudança em psicoterapia de grupo , assinale a alternativa correta:

  • A 1. Instilação de esperança; 2. Universalidade; 3. Compartilhamento de informações; 4. Altruísmo; 5. Recapitulação corretiva do grupo familiar primário; 6. Desenvolvimento de técnicas de socialização; 7. Comportamento imitativo; 8. Aprendizagem interpessoal; 9. Coesão grupal; 10. Catarse; e 11. Fatores existenciais.
  • B 1. Instilação de esperança; 2. Universalidade; 3. Compartilhamento de informações; 4. Altruísmo; 5. Recapitulação corretiva do grupo familiar primário; 6. Desenvolvimento de técnicas de socialização; 7. Comportamento imitativo; 8. Aprendizagem interpessoal; 9. Coesão grupal; 10. Catarse; e 11. Fatores Sintéticos.
  • C 1. Instilação de esperança; 2. Universalidade; 3. Compartilhamento de informações; 4. Altruísmo; 5. Recapitulação corretiva do grupo familiar primário; 6. Desenvolvimento de técnicas de socialização; 7. Comportamento imitativo; 8. Aprendizagem interpessoal; 9. Coesão grupal; 10. Emoções; e 11. Fatores existenciais.
  • D 1. Instilação de esperança; 2. Independência; 3. Compartilhamento de informações; 4. Altruísmo; 5. Recapitulação corretiva do grupo familiar primário; 6. Desenvolvimento de técnicas de socialização; 7. Comportamento imitativo; 8. Aprendizagem interpessoal; 9. Coesão grupal; 10. Catarse; e 11. Fatores existenciais.