Questões de Intertextualidade (Português)

Limpar Busca
Um texto sempre dialoga com outros textos recorrentes em dada sociedade. Assim, a remissão, frequentemente, faz-se a “conteúdos de consciência” (INGEDORE, 2000) guardados na memória do interlocutor que, a partir de “pistas” encontradas na superfície textual, são reativadas, via inferenciação. Essa afirmação refere-se à:
  • A Intertextualidade.
  • B Polifonia.
  • C Citação
  • D Paródia.
Os produtos derivados de soja sempre foram conhecidos por duas características.” Na reconstrução dessa ideia, tem-se:

“É de conhecimento de todos que, os produtos extraídos dos grãos de soja são possuidores de pelo menos duas características bastante pecuriares”.

Na retextualização foi utilizado um recurso intertextual conhecido como:
  • A Intertextualidade.
  • B Perífrase.
  • C Paráfrase.
  • D Alusão.
  • E Síntese.
“Parece vontade de ‘dourar a pílula’ da IA – por si já muito poderosa – colocar tudo sob o mesmo guarda-chuva [...].” (4º§). Nesse trecho, como recurso expressivo foi utilizada a:
  • A Intertextualidade, na qual o texto retoma e reelabora outros textos.
  • B Conotação, caracterizada pelo uso das palavras em sentido alegórico.
  • C Ironia, que consiste em se dizer o oposto do que se pensa, com intenção crítica.
  • D Metalinguagem, que consiste na utilização da linguagem para se referir à própria linguagem.
De acordo com Beaugrande e Dressler, a intertextualidade compreende diversas maneiras pelas quais a produção e recepção de dado texto depende
  • A do tipo de leitor que está com o material em mãos, pois para ser um bom leitor, sabe-se que é necessário ler, interpretar e ter senso crítico para selecionar as informações e conseguir ordena-las de maneira efetiva.
  • B do conhecimento de outros textos por parte dos interlocutores, isto é, diz respeito aos fatores que tornam a utilização de um texto dependente de um ou mais textos previamente existentes.
  • C da maneira com que o texto é lido, o interlocutor precisa estar atento ao tipo de texto e até mesmo assunto, para que haja coerência no que está sendo lido e consiga transformar assim símbolo em significado.
  • D da significação e do significado, ambos têm a tendência a estilizar e trazer ao texto sutileza ou intensidade, a depender da escolha lexical, e até mesmo a pragmática da leitura pode transformar um texto de leitor para leitor.

Entre os recursos de expressão usados no texto, verifica-se o predomínio de

  • A linguagem figurada, com a presença de metáforas.
  • B estrangeirismo, com o uso de palavras de outros idiomas.
  • C intertextualidade, com o uso de citações diretas e indiretas.
  • D subjetividade, com verbos e pronomes em 1.ª pessoa.
  • E interrogação, com o uso de frases interrogativas.