Questões de Imunologia (Medicina)

Limpar Busca

No laboratório clínico, os termos sensibilidade e especificidade têm significados alternativos que se aplicam aos exames, e os diferentes usos desses termos podem causar confusão. Sobre esse assunto, marcar C para as afirmativas Certas, E para as Erradas e, após, assinalar a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
( ) A especificidade analítica pode se referir à menor concentração detectável do analito, que pode ser medida com alguma certeza definida. ( ) A métrica comumente usada para um exame laboratorial segue especificamente a sensibilidade, sendo a especificidade duvidosa quanto a sua versão de certeza. ( ) A especificidade analítica se refere à extensão em que outras substâncias, no sistema do exame, interferem com a medida do analito de interesse.

  • A C - C - E.
  • B E - E - E.
  • C E - E - C.
  • D E - C - C.
  • E C - E - E.

Em relação aos marcadores de hepatite B, assinalar a alternativa que preenche a lacuna abaixo CORRETAMENTE:
A presença de _________ por mais de seis meses é indicativa de hepatite B crônica.

  • A Anti-HCV
  • B HBsAg
  • C Anti-HAV
  • D Anti-HBs
  • E Anti-HDV IgM

Sobre prevalência e incidência, analisar os itens abaixo:
I. Prevalência é a fração de um grupo de pessoas que possui uma condição ou desfecho clínico em um dado ponto no espaço. II. Incidência é a fração ou a proporção de um grupo de pessoas inicialmente livres do desfecho de um interesse e que o desenvolvem durante um determinado período de tempo. III. A prevalência é medida por meio do levantamento de uma população definida, na qual se averigua quem tem ou não tem a condição de interesse. IV. A incidência se refere a velhos casos da doença que ocorrem em uma população a princípio livre da doença, ou novos desfechos, como sintomas ou complicações, em pacientes com a doença e que incialmente não tinham esses problemas.
Está(ão) CORRETO(S):

  • A Somente os itens I e II.
  • B Somente os itens II e III.
  • C Somente os itens III e IV.
  • D Todos os itens.
  • E Nenhum dos itens.
Referente a Hepatite B aguda e a interpretação dos marcadores sorológicos relacione as colunas:
(1)HBsAg:
(2)Anti-HBc IgM:
(3) Anti-HBc Total:
(4) HBeAg :
(5)Anti-HBe:.
(6)Anti-HBs:
( ) É marcador de replicação viral. Sua positividade indica alta infecciosidade.
( ) É marcador de infecção recente, encontrado no soro até 32 semanas após a infecção.
( ) É o único anticorpo que confere imunidade ao HBV. Está presente no soro após o desaparecimento do HBsAg, sendo indicado.
( ) É marcador presente nas infecções agudas pela presença de IgM e crônicas pela presença de IgG. Representa contato prévio com o vírus.
( ) É o primeiro marcador que aparece no curso da infecção pelo HBV. Na hepatite aguda, ele declina a níveis indetectáveis em até 24 semanas.
( ) Surge após o desaparecimento do HBeAg, indica o fim da fase replicativa.
Assinale a alternativa que corresponde a sequência CORRETA:
  • A 3- 2- 6 -5- 1- 4.
  • B 6- 4- 2- 3- 1- 5.
  • C 4- 2- 6- 3- 1- 5
  • D Nenhuma das alternativas.
Sobre os marcadores sorológicos na infecção pelo vírus da Hepatite B (HBV), associe as colunas e assinale a alternativa com a sequência correta.
1. HBsAg. 2. HBeAg. 3. Anti-HBe. 4. Anti-HBc IgM.
( ) Marcador de infecção recente. Na infecção crônica, pode estar presente enquanto ocorrer replicação viral. ( ) Indicador de replicação viral. Sua positividade indica alta infectividade. ( ) Primeiro marcador que aparece no curso da infecção pelo HBV. Na hepatite aguda, ele declina a níveis indetectáveis rapidamente. ( ) Indica o fim da fase replicativa.
  • A 2 - 1 - 4 - 3.
  • B 4 - 1 - 3 - 2.
  • C 4 - 2 - 1 - 3.
  • D 2 - 3 - 1 - 4.