Resumo de Química - Zinco

Zinco é um elemento químico de símbolo Zn, encontrado na família 12 (2B) da tabela periódica, número atômico 30 (30 prótons e 30 elétrons) e massa atômica 65,4u.

Na crosta terrestre a abundância é de cerca de 75ppm. Já no Brasil a reserva é bem escassa, enquanto que Peru, China, Austrália, Estados Unidos e Canadá estão as maiores concentrações do mineral.

Zinco e suas propriedades físicas

À temperatura ambiente é um metal quebradiço e encontrado no estado sólido. Tem coloração branco-azulado, resistente a oxidação e com superfície brilhante.

Ele não é capaz de ser transformado em fio finos, nem capaz de ser batido em folhas finas quando está em temperaturas ambiente.

Ou seja, não é metal dúctil e nem maleável, sendo possível a ductilidade e maleabilidade em temperaturas acima de 100° C (212° F). Tem ponto de ebulição de 908° C (1670° F) e ponto de fusão de 419,5° C (787,1° F).

É um metal maciço e na escala de Mohs, que é a forma de quantificar a dureza de um material, sua dureza é de 2,5, indo de 0 (para talco) a 10 (para diamante).

Zinco e suas propriedades químicas

É um elemento ativo que não reage ao oxigênio no ar seco. Contudo, no úmido reage e forma o carbonato de zinco.

O carbonato de zinco impede a continuação da reação ao formar um crosta branca fina na superfície e ao ser queimado no ar apresenta um chama azulada.

O mineral dissolve em ácidos e álcalis. Hidróxido de sódio e água de sal são exemplos de álcalis, sendo o alcalino um produto químico que contém propriedades diferentes de um ácido.

 Aplicações

É usado na fabricação de ligas metálicas como latão, ligas para soldas, bronze de molas com níquel, tipografia, assim como na fabricação de pilhas, telhas e alguns tipos de baterias.

O elemento também é utilizado no revestimento (galvanização) do aço ou ferro para evitar a ação corrosiva, pois é um metal não corrosivo.

Além disso, é um metal de sacrífico, isso quer dizer que será ele que irá sofrer o efeito da corrosão no lugar de outro metal.

Seu mineral, o óxido de zinco, é utilizado nos setores farmacêutico, têxtil e cosmético, assim como nas indústrias de tintas. Exemplo: protetor solar, borrachas, pó facial e plásticos.

Quando ligado ao cobre e alumínio pode ser usado na produção de peças fundidas sob pressão e em equipamentos elétricos e das indústrias automobilísticas.

Benefícios para saúde humana

É um elemento químico essencial para o corpo humano e está presente em quase todas as células.

Ele intervém no metabolismo de proteínas, ácidos nucleicos e carboidratos, além de estimular a atividade de mais de 100 enzimas e colaborar no bom funcionamento do sistema imunológico. A ingestão diária recomendada é em torno de 10mg.

Funções do Zinco no organismo

  • É necessário para ação de enzimas;
  • Atua no metabolismo de carboidratos e proteínas;
  • Faz parte da síntese de DNA;
  • É essencial para o crescimento e desenvolvimento do organismo;
  • É importante para a produção de testosteronas;
  • Atua na maturação sexual, fertilidade e reprodução.

Benefícios do Zinco

  • Ajuda na cicatrização de feridas;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Previne doenças de pele;
  • Previne a perda de cabelo;
  • Auxilia os sentidos do paladar e do olfato

Deficiência de Zinco

Os grupos que podem sofrer com deficiência do mineral são crianças, idosos, vegetarianos, grávidas e lactantes, pessoas que tomam diuréticos, antibióticos, suplementos de ferro e alcoólicos.

A falta do mineral no corpo humano pode causar:

  • Retardamento no crescimento;
  • Perda de cabelo;
  • Diarreias;
  • Impotência sexual e imaturidade sexual nos adolescentes;
  • Apatia;
  • Cansaço e depressão;
  • Lesões oculares e de pele, inclusive acne;
  • Unhas quebradiças;
  • Amnésia;
  • Perda de apetite e de peso com problemas de crescimento;
  • Aumento do tempo de cicatrização de ferimentos e anomalias no sentido do olfato;

Alimentos fontes de Zinco

Os alimentos de origem animal são melhores fontes do mineral do que os de origem vegetal. Confira quais são:

  • Milho
  • Arroz integral
  • Aveia e trigo
  • Soja e lentilha
  • Feijão branco
  • Sementes de girassol e de abóbora
  • Gergelim
  • Castanha de caju
  • Ovo
  • Mexilhões
  • Frango
  • Carne bovina e de carneiro
  • Queijo suíço
  • Fígado
  • Ostras
Voltar

Questões