Resumo de Português - Verbos

®     É a palavra com que se expressa uma ação (cantar, vender), um estado (ser, estar), mudança de estado (tornar-se) ou fenômeno da natureza (chover).

 

Verbos Relacionais

®     Exprimem estado ou mudança de estado.

®     São os verbos de ligação.

 

Verbos Nocionais

®     Exprimem ação ou fenômeno da natureza.

®     Verbos significativos.

 

João morreu.

(quem morre, morre. Não é preciso um complemento para entender o verbo).

Eu quero um aumento.

(quem quer, quer alguma coisa. É preciso um complemento para entender o sentido do verbo).

 

Eu preciso de um emprego.

(quem precisa, precisa “de” alguma coisa. Deve haver uma preposição para ligar o complemento ao seu verbo. )

 

Mário pagou a conta ao padeiro.

(quem paga, paga algo a alguém. Há um complemento com preposição e um complemento sem preposição)

 

Conjugações

®     Regulares: seguem o paradigma verbal de sua conjugação;

®     Irregulares: não seguem o paradigma verbal da conjugação a que pertencem. As irregularidades podem aparecer no radical ou nas desinências (ouvir - ouço/ouve, estar - estou/estão);

oAnômalos: apresentam profundas irregularidades.  São classificados em todas as gramáticas os verbos ser e ir.

oDefectivos: Não são conjugados em determinadas pessoas, tempo ou modo (falir - no presente do indicativo só apresenta a 1ª e a 2ª pessoa do plural). Os defectivos distribuem-se em três grupos: impessoais, unipessoais (vozes ou ruídos de animais, só conjugados nas 3ª pessoas) por eufonia ou possibilidade de confusão com outros verbos

oAbundantes: Apresentam mais de uma forma para uma mesma flexão. Mais frequente no particípio, devendo-se usar o particípio regular com ter e haver; já o irregular com ser e estar (aceito/aceitado, acendido/aceso - tenho/hei aceitado ≠ é/está aceito)

 

®     As três formas nominais do verbo não possuem função exclusivamente verbal.

o  Infinitivo é antes substantivo

o  Particípio tem valor e forma de adjetivo

o  Gerúndio equipara-se ao adjetivo ou advérbio pelas circunstâncias que exprime.

 

Locução Verbal

®     Dois verbos fazendo o papel de um

®     Verbo Auxiliar (recebe a flexão de tempo e modo) + Verbo Principal (indica a ação)

 


®     Como alguns verbos possuem duplo particípio, ou seja, uma forma regular (longa) e uma irregular (curta) para designar essa forma nominal, há uma regra para sua utilização: com os auxiliares ser, estar e ficar, utiliza-se a forma curta do particípio de um verbo (quando houver, é claro). Com os auxiliares ter e haver utiliza-se a forma longa do particípio.

 

Auxiliar

Ter / Haver

Ser / Estar / Ficar

Particípio

Regular (longo)

Irregular (curto)

Exemplos

Entregado

Entregue

Imprimido

Impresso

Acendido

Aceso

Tingido

Tinto

Rasgado

Roto

Matado

Morto

A máquina havia secado a roupa.

A roupa estava seca.

 

Vozes Verbais


Exemplos

®     Ativa: O corretor vende casas.

®     Passiva

o   Analítica: Casas são vendidas pelo corretor.

o   Sintética: Vendem-se casas.

®     Reflexiva: A menina penteou-se.

o   Recíproca: Os presidentes cumprimentaram-se

 

Ele fez o trabalho. ®  O trabalho foi feito por ele

O vento ia levando as folhas. ® As folhas iam sendo levadas pelo vento

 

 

Voltar

Questões