Resumo de Química - Mol e Massa Molar

Mol e massa molar são elementos que estão interligados dentro da química, pois ambos estão relacionados a constante de Avogadro, isto é, a massa molar será igual à constante de Avogadro, que será representada em g/mol.

Isso porque a massa molar está associada ao número de mols que é estabelecido pela constante,ou seja, a massa molar é mensurada em gramas que estão presente em 6,02×1023 entidades elementares que serão correspondentes a um mol.

Mol 

A palavra mol vem do latim “mole”, que quer dizer “amontoado”, “quantidade”, “porção”, “monte”. Esse amontoado contém sempre 6,02×1023 unidades, geralmente arredondado para 6×1023.

Esse valor referente à constante de Avogadro parte do princípio de que “volumes iguais de dois gases quaisquer nas mesmas condições de pressão e temperatura contêm o mesmo número de mols de moléculas de gás.”

Os químicos descrevem o número de átomos, íons e moléculas em termos de unidade de mol. Serve também para calcular a quantidade de matéria.

Mol é definido como a quantidade de matéria de um sistema que contêm tantas entidades elementares quantos são os átomos contidos em 0,012 kg de carbono 12.

Vale destacar que mol não é uma unidade de medida, mas sim uma quantidade. É uma analogia a dúzia, ou seja, não importa do que seja, uma dúzia sempre será a quantidade de 12 unidades, assim como um mol sempre será 6x1023.

Massa molar

A massa molar está relacionado à 1mol de substância ou elemento, isto é, a unidade da massa em grama por um mol representada por g/mol.

Da mesma forma que massa molar é referente a massa molecular, pois estabelece uma relação proporcional aos valores das massas atômicas dos elementos.

Além disso, está associada a molécula, que é o conjunto de átomos que se ligam através das ligações químicas, ou seja, a massa atômica do elemento, por exemplo do oxigênio é 16u. Então, a massa molar desse elemento também será de 16 g/mol.

Perceba a diferença: massa atômica é representada pelo “u”, a massa molar é por g/mol.

Exemplos:

Massa Atômica

Massa Molar

Potássio (K) 39u

39 g/mol

Sódio (Na) 23u

23 g/mol

Carbono (C) 12u

12g/mol

Ferro (Fe)56u

56 g/mol

Atenção: como o valor da massa molar é referente ao mesmo valor da massa atômica, não é necessário que o estudante decore esse valor de cada um dos átomos. Lembrando que esses valores são equivalentes a 1 mol.

A massa atômica pode ser encontrada diretamente na tabela periódica e sempre será fornecida na questão.

Mol e massa molar: como calcular

Como mostrado acima, é bastante simples calcular a massa molar dos elementos químicos, pois se trata de cada elemento. Então, o que acontece quando se trata de um composto? Substâncias formadas por mais de um elemento?

Veja abaixo:

Mol e massa molar: primeiro passo

O valor da massa molecular de um composto, a exemplo da água (H2O), será o valor obtido da soma dos átomos que o forma. Isto é, a soma de 2 átomos de hidrogênio com 1 átomo de oxigênio.

Exemplo:

Hidrogênio: massa atômica de 1u.

Oxigênio: massa atômica de 16u.

Assim, será H2O = 2u + 16u = 18 u.

Mol e massa molar: segundo passo

Ao invés de usar a unidade em massa atômica, a massa molar da molécula da água será calculada por unidade em grama.

Exemplo: H2O

Hidrogênio: massa atômica de 1 unidade corresponde a 1g.

Oxigênio: massa atômica de 16 unidades corresponde a 16g

H2O = 18 u corresponde a 1 molécula de água = 2 x 1g + 16g = 18g.

Desta forma, a massa molar da água é de 18 g/mol.

Curiosidades

O conceito de mol foi introduzido pelo químico alemão Wihelm Ostwald (1853-1932), no ano de 1826.

Na química, a quantidade de átomos, moléculas, formulas, íons e elétrons são tão minúsculos que não é possível mensurar em uma balança, ou seja, é um valor tão pequeno que é impossível para os químicos trabalharem. Então, era necessário uma quantidade de matéria que pudesse ser “pesada”.

Assim, os químicos começaram a trabalhar com porções de matéria que podiam ser mensuradas. Além disso, era necessário que essa “porção” fosse proporcional em relação as massas atômicas.

Então, foi atribuído a 1 mol o valor de 6 x 1023 entidades por mol. Assim como é geral em 1 dúzia ter 12 unidades. Por isso, que mol é análogo da dúzia.

Outra curiosidade: o termo “mol” pode ser flexionada tanto no singular quanto no plural, contudo quando se trata de uma unidade é pronunciado no singular.

Voltar

Questões