Resumo de Química - Halogênios

São os cinco elementos não-metais da família 7A da tabela periódica

Os halogênios são elementos químicos formadores de sais inorgânicos. Na tabela periódica fazem parte do grupo 17 ou da família 7A. Eles são formados pelos elementos flúor (F), cloro (Cl), bromo (Br), iodo (I), (At) e
Os halogênios na forma natural são encontrados como moléculas dicotômicas, ou seja, que têm dois átomos como F2, Cl2, Br2 e I2. Ao receber elétron, os halogêneos transformam-se em sais haleto, como o NaCl. Já na formação dos compostos iônicos, os halogênios reagem com os metais alcalinos. Uma das principais características desses elementos é que possuem sete elétrons na sua camada de valência

Vale destacar que os elementos químicos dos halogêneos são altamente reativos e voláteis. O iodo é o único não-tóxico. Confira abaixo mais informações sobre as propriedades químicas desses elementos.

Propriedades químicas dos halogêneos


Flúor: o flúor é o elemento com maior poder de oxidação. Ele reage com muitas moléculas orgânicas e inorgânicas,  e com os gases nobres criptônio (Kr), xenônio (Xe) e radônio (Rn). O flúor tem pouca solubilidade e no estado gasoso tem coloração amarela;

Cloro: o cloro tem alta reatividade, sua extração é através da água do mar e na natureza seu depósito é o sal gema. No estado gasoso tem coloração verde-amarelado;

Bromo: o bromo também é extraído das águas salgadas dos mares na forma de brometo;

Iodo: o iodo é um sólido que evapora-se na coloração violeta quando se mistura em solventes apolares. Misturado em água tem-se os íons poli-iodetos, tornando-o uma solução de cor castanha. Esse elemento tem pouca reatividade e eletronegatividade;

Astato: a estimativa da quantidade desse elemento na terra é de aproximadamente 31 g. Por isso, é um halogênio raro

Características químicas dos halogênios 

Os halogênios não são abundantemente encontrados na natureza. Alguns podem ser encontrados em sais na água do mar.

Flúor: tem maior capacidade de atrair elétrons, isso porque é o mais eletronegativo. É o mais reativo da tabela periódica e encontrado com mais abundância na crosta terrestre. Ele tem o número atômico 9, isso significa que possui 9 prótons e 9 elétrons. E sua massa atômica é de aproximadamente de 19u. O flúor é muito perigoso e tóxico.

Cloro: Na natureza é encontrado no estado físico gasoso. Seu número atômico é 17, ou seja, 17 prótons e 17 elétrons, e a massa atômica é de 36,45 u. Possui alta capacidade de extinguir microrganismos presentes na água. Nas funções biológicas está presente como íon cloreto para a formação do suco gástrico. 

Bromo: é um elemento volátil, instável e muito reativo. O número atônico é 35, ele possui 35 prótons e 35 elétrons, e a massa atômica é de aproximadamente 80u. Na água o bromo é um oxidante forte. Por se tratar de um elemento tóxico pode causar prejuízos à saúde humana, principalmente reações alérgicas nos olhos, tecidos e garganta.

Iodo: o iodo possui número atômico 53, ele tem 53 prótons e 53 elétrons, e a massa atômica 126,9u. 

: o astato é um elemento raro e muito radioativo. O número atômico do é 85, ele tem 85 prótons e 85 elétrons, e a massa atômica é 210u. Entre os halogênios, o astato é considerado a mais pesado e o mais oxidante. Esse elemento é muito utilizado em pesquisas científicas, e ainda há na literatura muitas informações dos seus efeitos. 

: a descoberta do foi em 2010. É o mais novo elemento químico da tabela periódica. Seu número atômico é 117, ele tem 117 prótons e 117 elétrons no núcleo. O não é encontrado na natureza, porque é sintetizado em laboratório. 


 

Utilidades dos halogênios

Diariamente é possível encontrar os elementos químicos dos halogêneos em produtos doméstico ou de utilidade industrial e comercial. Nos produtos destinados à higiene da saúde bucal por exemplo, como os cremes dentais e os enxaguatórios bucais, encontra-se o elemento flúor.

O flúor ainda é muito utilizado na área da Odontologia, nos propelentes, no tratamento de água de piscinas, e de reservatórios de água para consumo humano na forma de hipoclorito de cálcio (Ca (ClO)2). O hipoclorito de cálcio (Ca (ClO)2) é também chamado de cloro líquido. O cloro líquido ainda é adicionado na composição da água sanitária, que tem ação desinfetante na limpeza de ambientes. 
O bromo é um elemento com muitas utilidades no ramo industrial. Ele é utilizado na revelação de fotos, em aditivo de combustíveis e agentes não inflamáveis, nas atividades agrícola, na fabricação de medicamentos, corantes e inseticidas.

O iodo é adicionado em muitos remédios e no sal de cozinha. No sal de cozinha sua adição é na forma de iodeto ou iodato de sódio e de potássio. A deficiência desse elemento no organismo provoca uma doença chamada “bócio”, aumento anormal da glândula da tireoide.
Voltar

Questões