Resumo de Química - Éteres

Éteres são compostos orgânicos de função oxigenada, pois têm um átomo de oxigênio fazendo ligação química com dois átomos de carbono, um do lado esquerdo e outro do lado direito.

São representados pela estrutura geral R-O-R, em que o oxigênio (O) está ligado a dois radicais orgânicos, alquila ou arila. O mais comum dos éteres é o éter dietilítico, o qual já foi usado como anestésico cirúrgico.

Eesses compostos orgânicos, são bastante inflamáveis e voláteis, além de terem um cheiro muito intenso. Eles são de caráter básico e podem ser encontrados no três estados físicos da água: líquido, sólido e gasoso.

Os éteres são compostos derivados do álcool, pois o átomo de hidrogênio (H) do grupo hidroxila (-OH) é substituído por um radical derivado de Hidrocarboneto.

Éteres e suas características físicas e químicas

Os éteres são compostos solúveis em água, contudo dependerá de sua cadeia a porcentagem de solução. Se tiver uma cadeia pequena será pouco solúvel em água. Se tiver uma cadeia carbônica grande, será bastante solúvel em água.

Se a cadeia tiver até três carbonos, o composto é encontrado no estado gasoso, mas se tiver mais de três carbonos, permanece na forma líquida. Os de grande massa molecular serão encontrados no estado sólido.

Exemplos de éteres:

  • CH3CH2-O-CH2CH3: etoxietano (mais conhecido como éter etílico);
  • CH3CH2-O-CH2CH2CH3: etoxipropano;
  • CH3-O-CH (CH3) CH2CH3: 1-metóxi-1-metil-propano.

 Aplicações

Os éteres são compostos bastante usados na medicina e na farmacologia. Servem de solvente para tintas e graxas, além da obtenção de gorduras, resinas e óleos.

O éter dietílico era usado como anestésico, mas deixou a funcionalidade por ser um composto altamente tóxico e inflamável.

 Divisões

  1. Éter simétrico: composto que apresenta duas cadeias de carbono iguais. Exemplo: H3C – O – CH3;
  2. Éter assimétrico: composto que apresenta  cadeias de carbono diferentes. Exemplo: H3c – CH2 – O – CH3;
  3. Éter cíclico: composto que apresenta cadeia fechada. Exemplo: H2C – O – CH2.

Como nomear?

A nomenclatura de compostos orgânicos é baseada nos padrões da União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC).

A forma mais simples e usual de nomear os éteres acontece da seguinte maneira: é usado a palavra éter, e o lado que tiver menos átomos de carbonos é adicionado o sufixo “il”. Já no lado com mais átomos de carbonos é aplicado o sufixo “ílico”.

A outra forma de nomeá-los encontra-se também no artigo “cetonas”. 

A nomenclatura terá o prefixo + infixo + sufixo

  • Prefixo se refere a quantidade de carbonos na cadeia;
  • Infixo se refere ao tipo de ligação na cadeia;
  • Sufixo se refere a função orgânica do composto.

Para cada quantidade de carbono será usado um prefixo

  • 1 carbono: prefixo MET
  • 2 carbonos: prefixo ET
  • 3 carbonos: prefixo PROP
  • 4 carbonos: prefixo BUT
  • 5 carbonos: prefixo PENT
  • 6 carbonos: prefixo HEX
  • 7 carbonos: prefixo HEPT
  • 8 carbonos: prefixo OCT
  • 9 carbonos: prefixo NON
  • 10 carbonos: prefixo DEC

Para as ligações químicas

  • Ligações simples: infixo NA
  • 1 ligação dupla: infixo EM
  • 1 ligação tripla: infixo IN
  • 2 ligações duplas: infixo DIEN
  • 2 ligações triplas: infixo DIIN

No caso dos sufixos, os éteres serão identificados pelo tamanho da cadeia. Na cadeia menor o sufixo será “oxi”, já na maior o sufixo “ano”.

Exemplo: CH3 – O – CH2 – CH3

Como o composto acima tem apenas um carbono do lado esquerdo, o prefixo será “met”. No lado direito, que possui  dois átomos de carbono, o prefixo será “et”. 

No lado esquerdo há um carbono (met) e é adicionado o sufixo “oxi“, por ser a menor cadeia, formando o “metoxi”. Por ser uma cadeia maior, no lado que existem dois carbonos, é adicionado o sufixo “ano“, resultando em “etano”.

Ou seja, CH3 – O – CH2 – CH3 será o metaxietano.

Éteres versus ésteres

Éteres e ésteres são do grupo funcional oxigenadas, mas apenas os  ésteres têm dois átomos de oxigênio.

Os ésteres são substâncias flavorizantes, ou seja, servem como aromatizantes, condimentantes, odorizantes. Enquanto os éteres servem de solventes.

Dica: para diferenciar um do outro basta lembrar dos termos. Ésteres apresenta uma letra a mais que éteres,logo também terá um oxigênio a mais. Simples, não?

Voltar

Questões