Resumo de Química - Decantação

Decantação refere-se a um processo de separação de misturas heterogêneas do tipos líquido + sólido e líquido + líquido, baseando-se na diferença de densidade entre os componentes que formam a mistura.

Em relação às misturas heterogêneas, elas podem ser bifásicas (duas fases), trifásicas (três fases) ou polifásicas (mais de três fases). A água e o óleo é um claro exemplo de mistura bifásica, também classificados como líquidos imiscíveis (não se misturam).

Ponto de fusão, densidade e solubilidade são alguns aspectos físicos que devem ser analisados a fim de escolher o melhor método de separação de misturas, que podem ser por decantação, vaporização, flotação, entre outros.  

Mas a final de contas, qual a utilidade de separar as misturas?

Esses métodos estão relacionados com vários aspectos do cotidiano. As aplicações mais conhecidas são: destilação da cachaça, tratamento de esgoto, análises clínicas e dessalinização da água do mar.

Especificamente, a decantação é utilizada em situações como:

  • Extração de partículas sólidas de alimentos líquidos;
  • Separação de cristais de um licor-mãe;
  • Separação da mistura líquido-líquido gerada da extração com solvente;
  • Uma das etapas de transformação da água potável;
  • Remoção de partículas sólidas do vinho e outras bebidas.’

O processo de decantação

Como já dito, a sedimentação precede a decantação. Nesse primeiro processo, a mistura é colocada em um recipiente específico e deixada em repouso numa superfície plana e estável.  

A força da gravidade atuará sobre essa mistura. Em uma mistura de água e areia, o componente mais denso permanece no fundo do recipiente e o componente menos denso se aloca próximo à superfície.

Em seguida, inicia-se de fato o processo de decantação, que consiste em virar lentamente o recipiente, de modo que somente o líquido seja transferido para o outro recipiente.

Outros três processos auxiliares podem ser utilizados na separação de misturas: sifonação, funil de bromo e centrifugação.

Sifonação

No exemplo da mistura com água e areia. O líquido pode ser transferido cuidadosamente para um novo recipiente ou pode-se utilizar um sifão ou mangueira para deslocar a água. Esse processo é denominado de sifonação ou sifonagem.

Para acontecer esse descolamento, os recipientes devem estar em elevações diferentes para que aconteça naturalmente a passagem da água, uma vez que, a pressão no recipiente de cima é maior do que no de baixo.  

Esse método também pode ser utilizado para separação de líquidos imiscíveis, como a água e o óleo. Além de ser útil para esvaziar piscinas e transferir combustíveis de um recipiente para o outro.

Funil de bromo

Além do método de sifonação, as misturas com líquidos imiscíveis podem ser separados com o auxílio de um funil de bromo. Essa ferramenta possui um estreitamento angular na parte inferior, sendo alocado em uma argola de ferro presa numa haste.

Observe no vídeo abaixo como acontecem os processos de sifonação e decantação em funil de bromo:

No último processo, o líquido mais denso fica posicionado na parte inferior do funil. Quando a torneira que está localizada na base do funil é aberta, o líquido que posicionado na parte de baixo escoa primeiro.

O controle é realizado por meio de uma válvula, que é fechada assim que a separação se completa. Isso garante que o líquido menos denso passe pela válvula, mas não se misture outra vez com o líquido já alocado no outro recipiente.

Centrifugação

A centrifugação corresponde a um processo especial de separação de misturas, sendo considerado uma decantação acelerada. Nesse método, um aparelho denominado de centrífuga faz a separação dos componentes em uma alta velocidade.

A velocidade de rotação da centrífuga possibilita que, por inércia, as partículas de maior densidade se sedimentem no fundo do tubo do aparelho, enquanto as partículas de menor densidade fiquem por cima.

O nome centrifugação remete imediatamente à função de uma máquina de lavar, a qual separa a água da roupa de modo que ela fique quase seca. Mas além dessa atividade doméstica, a centrifugação é aplicada em processos laboratoriais.

Por exemplo, após o sangue ser coletado, ele é armazenado em um tubo de ensaio e colocado em uma centrífuga. O equipamento é capaz de separá-lo em diversas partes (glóbulos vermelhos e brancos, plaquetas e plasma), de modo que cada uma dessas parte possa ser analisada separadamente.

Resumo sobre decantação

Decantação é o processo que realiza a separação de misturas heterogêneas do tipos líquido + sólido e líquido + líquido, levando em consideração a diferença de densidade entre os componentes que formam a mistura.

Um dos exemplos mais famosos é a água e o óleo, classificados como líquidos imiscíveis (não se misturam).

As aplicações mais conhecidas da decantação são a destilação da cachaça, tratamento de esgoto, análises clínicas e dessalinização da água do mar.

Voltar

Questões