Resumo de Química - Butano

O butano, cuja fórmula molecular é C4H10, é um gás altamente inflamável, incolor, ou seja, que não possui cor e é inodoro, ou seja, não tem cheiro. O gás é obtido a partir do aquecimento do petróleo, que é realizado de forma lenta.

O butano pode ser encontrado em duas formas isômeras, ou seja, com a mesma fórmula molecular, porém com diferentes fórmulas estruturais. Essas formas são o n-butano e o isobutano, ou 2- metilpropano.

O butano é conhecido por ser o gás utilizada na cozinha, vendido em botijões ou distribuído através de tubulações. Por não possuir cheiro e ter uso doméstico, é adicionado ao butano o etanotiol.

Esse composto químico possui um odor característico, cuja intenção ao ser unido ao butano é fazer com que seja perceptível caso o gás vaze, evitando, assim, acidentes domésticos. A inalação do gás pode causar vários riscos para saúde e, em alguns casos extremos, levar até a morte por meio da intoxicação do sangue.

Entre os outros efeitos que são causados pela inalação do gás está a asfixia, a sonolência, a narcose, a euforia, a arritmia cardíaca, perda de memória temporária e flutuações na pressão sanguínea.

Propriedade e nomenclatura

O butano é classificado como um hidrocarboneto saturado. É considerado como hidrocarboneto os compostos químicos que são formados por átomos de carbono com hidrogênio, unidos através de uma ligação covalente. Essa ligação é caracterizada pela união de um ou mais pares de elétrons e átomos.

O hidrocarboneto saturado é caracterizado por ser rico em hidrogênio. O estudo do composto é feito na química orgânica. O nome do gás é formado pelo prefixo BUT, o intermediário AN, que caracteriza o tipo de ligação da cadeia, e o sufixo O, usado em todos os hidrocarbonetos.

O gás faz parte ainda da família dos alcanos, cuja fórmula química geral é CnH2n+2. O ponto de fusão do gás é -138°C, e o de ebulição é 0°C.

Além do butano, são ainda hidrocarbonetos a gasolina, o querosene, o gás liquefeito de petróleo (GLP ou o gás de cozinha), o óleo diesel, a vaselina, a parafina, plásticos, borrachas e outros.

A sua fórmula química, C4H10, significa que a composição do gás é feita por quatro átomos de carbono e dez átomos de hidrogênio.

Segundo a nomenclatura da União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC), o termo “butano” descreve apenas o isômero n-butano. Entretanto, no dia a dia, a palavra é usada para descrever esse isômero e o outro, o isobutano, ou a junção dos dois.

A molécula do composto é apolar, ou seja, não é solúvel em água, assim como o diesel, a gasolina e o querosene e outros derivados do petróleo.

O uso do butano

O butano é uma fonte de energia não renovável que é usado com várias finalidades. O gás é popularmente conhecido por ser usado na cozinha, vendido em botijões ou através de encanamentos, onde é misturado com o propano. Nessa forma de uso, ele leva ainda o etanotiol, uma substância para dar cheiro.

Além dessa forma de uso, o gás é ainda matéria prima na produção de isqueiros e fogões portáteis, na produção de borracha sintética, de combustível, de etileno e de solvente em aerossol.

O gás butano também é usado com a gasolina para dar mais volatilidade e aumentar a evaporação da mesma, principalmente em períodos ou regiões com climas frios.

Ele é usado ainda na calibração de medidores de temperatura, além de ter várias finalidades na indústria. Entretanto o seu manuseio requer um nível alto de cuidados e proteção, como o uso de equipamentos de segurança como luvas e máscaras.

O toque ou inalação direto com o gás pode provocar queimaduras, asfixia e várias outras reações. Em casos extremos, pode levar quem tem contato à morte por intoxicação.

Voltar

Questões