Resumo de Química - Amida

Recebe o nome de amida todo composto orgânico que deriva da amônia (NH3), cujo H é substituído pelo radical acila. Essa acila é um radical derivado de ácidos carboxílicos.

Em outras palavras, as amidas são derivadas do ácido carboxílico. O ácido carboxílico, ou carboxila, possui uma hidroxila (OH) no final. O composto é constituído quando a hidroxila é substituída por um nitrogênio.

Ou seja, toda vez que um nitrogênio estiver diretamente ligado a um C que faz ligação dupla com o O, temos, então, a amida. Vale ressaltar que são considerados compostos orgânicos as substâncias químicas que possuem carbono na sua composição.

O composto é uma função orgânica diferente da amina porque também é derivado da amônia, mas o H é substituído por uma cadeia carbônica.

Classificação da amida

De acordo com o número de ligações entre os grupos de acila ligadas ao nitrogênio, podemos classificar o composto em três grupos: primária, secundária e terciária.

A amida é considerada do grupo das primárias quando há apenas um grupo acila ligada ao nitrogênio. O tipo da amida primária é (R-CO)NH2.

A amida é classificada secundária quando existem dois grupos de acilas ligadas diretamente ao nitrogênio. Logo, o tipo da amida secundária é (R-CO)2NH.

Por fim, o grupo das terciárias é formado quando três grupos de acilas são ligadas ao nitrogênio. Nesse caso, o tipo da amida terciária é (R-CO)3N.

Outra classificação que pode diferenciar as amidas é feita de acordo com as ligações que o nitrogênio faz com o carbono. São três grupos nessa classificação, o da amida não-substituída, da amida monossubstituída, e da amida dissubstituída.

O grupo da amida não-substituída é classificado por apresentar dois hidrogênios conectados ao nitrogênio. A sua nomenclatura é feita da seguinte forma: prefixo + infixo + amida.

Já o grupo da amida monossubstituída é caracterizado quando um radical, ou cadeia carbônica, substitui um hidrogênio. A nomenclatura desse grupo é feita da seguinte maneira: N + nome do radical ou N,N + nome dos radicais + prefixo + infixo + amida.

Por fim, o grupo da amida dissubstituída é formado quando dois hidrogênios são substituídos por dois radicais, sejam iguais ou diferentes. A nomenclatura do grupo é feita assim: N + nome do radical ou N,N + nome dos radicais + prefixo + infixo + amida.

As nomenclaturas desses compostos seguem as orientações da União Internacional de Química Pura e Aplicada (Iupac), organização não governamental responsável por criar padrões para elementos químicos.

Obtenção

Dificilmente as amidas são produzidas de forma natural, por influência da natureza. Para o seu uso, principalmente na indústria de medicamentos e outros materiais, as amidas são produzidas em laboratório.

Existem três formas de se obter o composto químico. Os métodos são: aquecimento, também chamado de desidratação, hidratação de nitrilas e reação de cloretos de ácido com amônia ou amina. Nesse último método, o cloreto de acila pode ser substituído por anidridos ou ésteres.

Utilização

A amida mais utilizada e mais comercializada é a ureia. O produto é um sólido branco, solúvel em água e cristalino, conhecido por ser o primeiro composto orgânico sintetizado em laboratório.

A ureia é uma das matérias-primas utilizadas na produção de adubos e fertilizantes, mas o seu uso também é visto  na fabricação de explosivos, alimentação do gado, em polímeros, resinas e na síntese de outros compostos orgânicos. O produto serve ainda na fabricação de alguns medicamentos.

Além disso, a ureia é produzida pelos seres humanos. É o produto da degradação de moléculas nitrogenadas que fazem parte do próprio organismo humano, sendo liberada através da urina.

Barbitúricos

Os barbitúricos são medicamentos que atuam no sistema nervoso central. Dependendo da dosagem do medicamento, pode ter efeitos sedativos ou tranquilizantes, hipnótico, anticonvulsivo, redutor de ansiedade e até anestésico.

O uso constante desse tipo de medicamento cria uma tolerância  do próprio corpo, o que leva o paciente a tomar doses cada vez maiores para alcançar seus efeitos. Ele é obtido pela reação da ureia com o ácido malônico.

Penicilina

Um dos tipos de amida mais conhecidos é a penicilina. O medicamento foi descoberto por acidente pelo médico escocês Alexander Fleming, em 1928, vindo a ser usada como antibiótico em 1941. Produzida a partir de fungos do gênero Penicillium, o remédio  é recomendado para tratamentos contra infecções.

Voltar

Questões