Departamento Municipal de Água e Esgoto de Uberlândia (DMAE) - Diversos Cargos (FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2020) Questão 1

INSTRUÇÃO: Leia o texto I a seguir para responder à questão .


TEXTO I


“Só Gabriela parecia não sentir a caminhada, seus pés como que deslizando pela picada muitas vezes aberta na hora a golpes de facão, na mata virgem. Como se não existissem as pedras, os tocos, os cipós emaranhados. A poeira dos caminhos da caatinga a cobrira tão por completo que era impossível distinguir seus traços. Nos cabelos já não penetrava o pedaço de pente, tanto pó se acumulara. Parecia uma demente perdida nos caminhos. Mas Clemente sabia como ela era deveras e o sabia em cada partícula de seu ser, na ponta dos dedos e na pele do peito. Quando os dois grupos se encontraram, no começo da viagem, a cor do rosto de Gabriela e de suas pernas era ainda visível e os cabelos rolavam sobre o cangote, espalhando perfume. Ainda agora, através da sujeira a envolvê-la, ele a enxergava como a vira no primeiro dia, encostada numa árvore, o corpo esguio, o rosto sorridente, mordendo uma goiaba.”


AMADO, Jorge. Gabriela, cravo e canela. 1958.



Releia este trecho.


“Ainda agora, através da sujeira a envolvê-la, ele a enxergava como a vira no primeiro dia, encostada numa árvore, o corpo esguio, o rosto sorridente, mordendo uma goiaba”.


Nesse excerto, pode-se identificar a seguinte característica da personagem na obra de Jorge Amado:

  • A A pobreza de Gabriela, que reside em sua condição de sertaneja.
  • B A serenidade de Gabriela, que reside em seu conformismo.
  • C A sujeira de Gabriela, que reside em sua falta de condição financeira.
  • D A sensualidade de Gabriela, que reside em sua simplicidade.