Questões da Prova do Tribunal Regional Federal da 4ª Região - Técnico Judiciário - Administrativo - FCC (2019) Página 1

Considere as afirmações abaixo.

I. Escolhas táticas sabiamente visam à realização de objetivos de longo prazo, cujas consequências positivas podem ser sentidas já no momento presente.

II. Por meio de decisões estratégicas, perseguem-se resultados mais duradouros, embora distantes.

III. Segundo a reflexão de David Hume, seria prudente fazer escolhas no presente considerando suas consequências para o futuro.

Está correto o que consta de

  • A I e III.
  • B I e II.
  • C II e III.
  • D II.
  • E III.

De acordo com o texto, o homem comete enganos porque

  • A imagina que renúncias feitas no presente levem a um futuro melhor.
  • B desconsidera os acertos do passado ao planejar o futuro.
  • C tem a propensão de repetir, no presente, os mesmos erros do passado.
  • D tende a dar importância desmedida ao que está mais próximo no tempo.
  • E atribui valor exagerado a objetivos situados em um futuro imaginado.

Contudo, a faculdade de arbitrar entre as premências do presente e os objetivos do futuro imaginado... (3o parágrafo)

O elemento sublinhado acima introduz, em relação ao que se afirmou antes, uma

  • A oposição.
  • B causa.
  • C consequência.
  • D finalidade.
  • E conclusão.

Foi a capacidade de [...] agir no presente tendo em vista o futuro que nos tirou da condição de animais errantes. (3o parágrafo)

Uma redação alternativa para o trecho acima, escrita com correção e lógica, está em:

  • A Uma vez que tivéssemos tido a capacidade de vislumbrar o futuro, ao tomarmos uma decisão no presente, deixemos a condição de animais errantes.
  • B Por termos tido a capacidade de agir no presente visando o futuro, viemos a sermos tirados da condição de animais errantes.
  • C Em razão da capacidade de considerar o futuro ao agir no presente, deixamos a condição de animais errantes.
  • D Conforme a capacidade de agir, no presente com olhos postos no futuro, teremos sido tirados da condição de animais errantes.
  • E À medida que tivermos a capacidade de agir no presente considerando o futuro, sairíamos da condição de animais errantes.

O homem [...] “é herdeiro e refém do tempo”. A principal morada do homem está no passado ou no futuro. (3o parágrafo)

Considerado o contexto, o sentido do que se diz acima está corretamente reproduzido em um único período em:

  • A A principal morada do homem está no passado ou no futuro, mas este é herdeiro e refém do tempo.
  • B A principal morada do homem, na qual é herdeiro e refém do tempo, está no passado ou no futuro.
  • C O homem é herdeiro e refém do tempo, conquanto sua principal morada esteja no passado ou no futuro.
  • D Embora o homem seja herdeiro e refém do tempo, sua principal morada está no passado ou no futuro.
  • E O homem, cuja principal morada está no passado ou no futuro, é herdeiro e refém do tempo.