Questões de Engenharia de Transportes e Trânsito

Limpar Busca

O modelo de Desenvolvimento Orientado ao Transporte Sustentável (DOTS) conduz à criação de comunidades urbanas. Aponte uma das estratégias de desenho urbano DOTS referente à mobilidade não motorizada, na escala de interbairros.

  • A Assegura uma rede de rotas cicloviárias que interligue os centros de bairro entre si, das origens aos destinos-chave para a comunidade.
  • B Tem caminhos para pedestres e para ciclistas no acesso às moradias, onde não seja possível construir vias para garantir a privacidade das residências.
  • C Garante que os caminhos de pedestres e de ciclistas sejam exclusivamente para uso recreativo no contexto da comunidade.
  • D Seleciona ruas estratégicas dos centros de bairro para convertê-las em vias arteriais para uso compartilhado entre pedestres, veículo motorizados e não motorizados.
  • E Define rotas diretas e indiretas planejadas em conjunto com as autoridades locais para permitir a escolha entre o mais curto e o mais longo caminho pelo pedestre.

Em relação à gestão de transportes urbanos, dentro da visão atual, assinale a opção que apresenta uma característica da mobilidade urbana sustentável.

  • A Viabilizar o fluxo de veículos motorizados, vistos como menos poluentes ao meio ambiente por serem mais rápidos.
  • B Induzir a ocupação de solo dispersa, com uso de áreas separadas e específicas.
  • C Aumentar o uso do solo com vistas a destinar mais áreas para estacionamento.
  • D Melhorar as vias como forma de maximizar viagens motorizadas.
  • E Estimular o pensamento integrado,
“É o tempo transcorrido entre a passagem de dois veículos sucessivos por um determinado ponto”. O enunciado refere-se a qual elemento de estudo de tráfego?
  • A Fluxo de tráfego.
  • B Headway.
  • C Espaçamento.
  • D Velocidade de operação.
  • E Capacidade da via.
Sobre o controle de qualidade de materiais, produtos e serviços em obras de pavimentação de vias públicas, assinale a alternativa correta.
  • A O principal uso do asfalto diluído na pavimentação é no serviço de imprimação.
  • B O principal uso da emulsão asfáltica na pavimentação é no serviço de CBUQ.
  • C O CAP (Cimento Asfáltico de Petróleo) é a combinação de ligante asfáltico misturado com água e óleo.
  • D A emulsão asfáltica é uma mistura de CAP, querosene e emulsificante.
  • E O asfalto diluído só pode ser trabalhado acima de 130ºC, pois abaixo dessa temperatura o material não apresenta trabalhabilidade boa (observada no ensaio de viscosidade).
O volume de veículos que passa por uma seção de uma via não é uniforme no tempo. A comparação da divisão de períodos consecutivos dentro da hora pico leva ao estabelecimento do “Fator Horário de Pico (FHP)”, que mede justamente essa flutuação e mostra o grau de uniformidade do fluxo. Como se calcula o Fator Horário de Pico?
  • A Ele é igual ao volume da hora de pico dividido por duas vezes o volume do período de trinta minutos com maior fluxo de tráfego dentro da hora de pico.
  • B Ele é igual ao volume da hora de pico dividido por três vezes o volume do período de vinte minutos com maior fluxo de tráfego dentro da hora de pico.
  • C Ele é igual ao volume da hora de pico dividido por quatro vezes o volume do período de quinze minutos com maior fluxo de tráfego dentro da hora de pico.
  • D Ele é igual ao volume da hora de pico dividido por cinco vezes o volume do período de doze minutos com maior fluxo de tráfego dentro da hora de pico.
  • E Ele é igual ao volume da hora de pico dividido por seis vezes o volume do período de dez minutos com maior fluxo de tráfego dentro da hora de pico.