Questões da Prova da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - Analista - Recursos Humanos (VUNESP - 2019)

Limpar Busca

Segundo o texto, é correto afirmar que as redes de livrarias Cultura e Saraiva

  • A apostam em uma recuperação do mercado livreiro, por causa da entrada de editoras menores no mercado e dos efeitos dos empréstimos bancários.
  • B pretendem intensificar a venda de livros, porque a lei do preço fixo, criada na Dinamarca em 1837, foi aprovada pelo governo brasileiro.
  • C se sentem prejudicadas por causa da competição das editoras independentes, que conseguem melhores resultados na dinâmica das políticas editoriais.
  • D acreditam que poderão sair do prejuízo, mediante medidas de contenção de despesas, como a redução do número de lojas e o pagamento das dívidas.
  • E encontram-se afetadas pela crise econômica, pelas mudanças no mercado varejista e empréstimos contraídos junto a instituições financeiras.

O descompasso apontado pela empresa Nielsen e por Simone Paulino decorre

  • A do desestímulo entre os grupos editoriais provocado pela crise econômica e pela ausência de uma política de leitura no país.
  • B das poucas vendas e grandes pagamentos recebidos das editoras independentes, por parte dos grupos editoriais.
  • C da incompatibilidade entre o aquecimento nas vendas e a má fase da economia brasileira.
  • D do modelo de produção do livro no país e das práticas empregadas pelas pequenas editoras, incapacitadas de competir.
  • E dos desafios econômicos por que passa o país e da adoção de estratégias equivocadas do mercado livreiro.

A expressão “paradoxo assustador”, apontado no texto, associa-se

  • A a contingências alheias às intenções das livrarias de pagar suas dívidas, em função de créditos reduzidos.
  • B ao equilíbrio de estratégias, postas em prática, não apenas pelo mercado editorial, como também por outros setores.
  • C ao acerto de contas entre os bancos e as líderes do mercado, Saraiva e Cultura, em função das dívidas que contraíram.
  • D à projeção bem sucedida da venda de livros no país, feita com ajuda de estudos desenvolvidos por advogados.
  • E ao acúmulo de dívidas das livrarias com as editoras, apesar do incremento nas vendas, expondo uma desproporção.

Considere as palavras em destaque no texto – catástrofe, enrosco, derrocada, esperança e florescimento – e assinale a alternativa correta.

  • A Todas as palavras em destaque apresentam compatibilidade de sentido com a ideia contida no título – Página infeliz.
  • B As palavras – esperança e florescimento – sinalizam um cenário promissor para os grupos editoriais saírem da crise.
  • C As palavras – enrosco, florescimento e esperança – atestam a problemática vivida pelos grandes grupos editoriais do país.
  • D Todas as palavras em destaque expressam a ideia de que o mercado editorial do país está em alta, apesar da recessão econômica.
  • E As palavras – catástrofe, enrosco e derrocada – evidenciam que os grupos editoriais poderão sair da crise, com a ajuda dos bancos.

Assinale a alternativa que completa, respectivamente e de acordo com a norma-padrão da regência, os segmentos:


O cenário de derrocada parece …

A Livraria Cultura …

Os editores pretendem …

  • A divergir aos números de venda./ recorreu dos empréstimos bancários./ equiparar-se com o pujante mercado europeu.
  • B divergir dos números de venda./ recorreu pelos empréstimos bancários./ equiparar-se pelo pujante mercado europeu.
  • C divergir com os números de venda./ recorreu dos empréstimos bancários./ equiparar-se no pujante mercado europeu.
  • D divergir dos números de venda./ recorreu a empréstimos bancários./ equiparar-se ao pujante mercado europeu.
  • E divergir os números de venda./ recorreu dos empréstimos bancários./ equiparar-se o pujante mercado europeu.