Questões da Prova da Câmara Municipal de Boituva - SP - Agente Administrativo (2020)

Limpar Busca

No editorial, é defendido o ponto de vista de que

  • A a pressa de periódicos científicos em apresentar estudos sem resultados conclusivos concorre para o aumento da descrença nesse tipo de publicação.
  • B o emprego da inteligência artificial para diagnósticos médicos deve ser interrompido, em vista das muitas dúvidas que ainda pairam sobre a sua eficácia.
  • C a falta de especialistas capacitados para operar os sistemas computadorizados de realização de exames inviabiliza o uso dessas tecnologias em curto prazo.
  • D o alto custo para capacitar especialistas em interpretação de mamografias justifica a substituição desses profissionais por sistemas computadorizados.
  • E os computadores vêm em auxílio dos especialistas médicos para que possam realizar melhor o seu trabalho e ampliar sua capacidade de atendimento.

Para responder à questão, considere a passagem do primeiro parágrafo:
• A tecnologia não vai revolucionar a prática clínica do dia para a noite, mas seria ingênuo duvidar que ganhe papel crescente.

No desenvolvimento do texto, a ideia de que “A tecnologia não vai revolucionar a prática clínica do dia para a noite” é

  • A refutada, no 2º parágrafo, ao se comparar o desempenho de especialistas em tumores precoces na interpretação de dados ao de um sistema computadorizado.
  • B contestada, no 4º parágrafo, a partir da informação sobre a diferença quanto ao estágio de desenvolvimento e aplicabilidade dessa técnica nos EUA e no Reino Unido.
  • C reforçada, no 5º parágrafo, com a informação de que, inicialmente, a aplicação de tal tecnologia estará restrita aos hospitais e instituições acadêmicas nos EUA e Reino Unido.
  • D reiterada, no 6º parágrafo, com o posicionamento de que ninguém arriscaria vaticinar que computadores substituirão, em pouco tempo, especialistas humanos.
  • E posta em dúvida, no 7º parágrafo, com a introdução da informação de que existem longas filas de espera no SUS, por falta de especialistas ou de aparelhos.

No contexto da passagem, por meio da frase “… mas seria ingênuo duvidar que ganhe papel crescente.”, o editorial

  • A explica por que considera ingenuidade crer que a tecnologia possa revolucionar a prática clínica.
  • B opõe-se a eventuais dúvidas em relação à importância gradativa da tecnologia para a prática clínica.
  • C conclui que a prática clínica efetivamente não pode ser transformada paulatinamente pela tecnologia.
  • D opõe-se à expectativa de que o emprego da tecnologia possa ter relevância para a prática clínica.
  • E reitera a dúvida quanto à ideia de que a prática clínica possa sucumbir à tecnologia em curto prazo.

Caracteriza-se pelo emprego de linguagem em sentido figurado a seguinte passagem do texto:

  • A No primeiro dia do ano, o periódico científico Nature apresentou estudo que amplia a confiança na aplicação de inteligência artificial…
  • B Comparou-se o desempenho de um sistema computadorizado com o de seis radiologistas especializados na busca de tumores precoces…
  • C O discernimento do computador não fez feio na comparação com os resultados obtidos pelos olhos e pela massa cinzenta de especialistas humanos.
  • D O estudo contou com financiamento do Google Health e colaboração de vários hospitais e instituições acadêmicas nos dois países.
  • E No Brasil, realizaram-se em 2018 quase 2,5 milhões de mamografias, exame que o Ministério da Saúde recomenda…

Considere as frases:
• O programa logrou 5,7% menos falsos positivos e 9,4% menos falsos negativos… (3º parágrafo) • A diferença entre os desempenhos com os dois conjuntos de dados pode ser atribuída à peculiaridade… (4º parágrafo)
Os termos destacados têm como sinônimos adequados ao contexto, respectivamente:

  • A alcançou; particularidade.
  • B objetivou; trivialidade.
  • C recomendou; especificidade.
  • D prescreveu; singularidade.
  • E comprovou; individualidade.