Questões de FGV

Limpar Busca

Todas as frases abaixo sofreram a mesma alteração; a opção em que a mudança da frase traz um erro de conjugação verbal é:

  • A Queremos as informações corretas / Se vocês quiserem, eu também quererei;
  • B Trago o automóvel hoje / Se você trouxer, eu também trarei;
  • C Vejo a corrida daqui / Se você vir, eu também verei;
  • D Faço minhas obrigações sempre / Se você fizer, eu também fazerei;
  • E Não sei onde ele mora / Se você não souber, eu também não saberei.

De acordo com o Código de Ética do servidor público do IBGE, salvo os casos de segurança nacional, investigações policiais ou interesse superior do Estado e da Administração Pública, a serem preservados em processo previamente declarado sigiloso, nos termos da lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui requisito de eficácia e moralidade.
Nesse contexto, o mencionado diploma ético estabelece que:

  • A os dados individuais de pessoas físicas ou jurídicas coletados pelo IBGE são públicos e devem estar disponíveis no sítio eletrônico do Instituto;
  • B toda pessoa tem direito à verdade e o servidor do IBGE não pode falseá-la, salvo quando a informação for contrária aos interesses da Administração Pública;
  • C toda ausência injustificada do servidor de seu local de trabalho é fator de desmoralização do serviço público e deve ser objeto de publicidade no sítio eletrônico do IBGE;
  • D leis, regulamentos e medidas que regem a operação dos sistemas estatístico e cartográfico no Instituto devem ser de conhecimento público;
  • E todo requerimento de informação feito ao IBGE por órgãos públicos ou empresas privadas deve ser atendido no prazo de 5 (cinco) dias, mediante publicação no sítio eletrônico do Instituto.

Em uma pesquisa sobre motivação no trabalho realizada em uma organização, a funcionária Ana declarou: “o que me motiva no trabalho é mostrar que posso dar conta de atribuições complexas; gosto de metas desafiadoras”. De acordo com a teoria de motivação de McClelland (teoria das três necessidades), Ana apresenta, como necessidade predominante:

  • A poder;
  • B hedonismo;
  • C controle;
  • D afiliação;
  • E realização.

Em uma equipe de trabalho de cinco pessoas, o funcionário A é quem geralmente traz novas ideias e propostas. O funcionário B se destaca por estabelecer planos e procedimentos “para transformar as ideias em realidade”. C é o mais experiente do grupo e toma a dianteira para buscar recursos para os projetos da equipe. Já os funcionários D e E se preocupam com os resultados, focando nos prazos de entrega e no fluxo de trabalho.
Os papéis que A, B, C, e D e E desempenham na equipe são, respectivamente, de:

  • A explorador/promotor; assessor/desenvolvedor; impulsor/organizador; controladores/inspetores;
  • B criador/inovador; impulsor/organizador; explorador/promotor; conclusores/produtores;
  • C criador/inovador; assessor/desenvolvedor; explorador/promotor; controladores/inspetores;
  • D explorador/promotor; assessor/desenvolvedor; conector; impulsores/organizadores;
  • E criador/inovador; assessor/desenvolvedor; explorador/promo tor; impulsores/organizadores.

Um papel “é um conjunto de expectativas de comportamento de um gerente” (Daft, 2010, p. 21). No desempenho de suas funções, os administradores desempenham papéis diversos, agrupados em três categorias, segundo a tipologia proposta por Mintzberg. Uma categoria de papéis envolve os “eventos e situações em que o administrador deve fazer uma escolha ou opção” (Chiavenato, 2003, p. 8).
São papéis dessa categoria:

  • A líder; empreendedor;
  • B empreendedor; disseminador;
  • C líder; negociador;
  • D solucionador de conflitos; administrador de recursos;
  • E administrador de recursos; monitor.